O PADRECO,A ESPOSA PURA E O MARIDO INGÊNUO

Um conto erótico de devota
Categoria: Grupal
Data: 05/01/2006 17:00:25
Nota -
Assuntos: Grupal

Jonas era um homem de sucesso. Estava bem na profissão, tinha uma família linda que o amava e, além de tudo, era muito católico. Sempre agradeceu por tudo o que conquistou.Ia à missa regularmente c/ sua família, Tânia,sua esposa, era uma mulher linda,morena jambo, cabelos longos e lisos e um corpo escultural:quadrilzão,seios firmes,cinturinha,e tinha 25 anos. Casou-se c/ Jonas após engravidar de Angélica, sua filhinha de 10 anos.

Jonas tinha 35 anos, e como já disse, tudo em sua vida ia muito bem. Tânia tbm pensava assim, apesar de ficar chateada algumas vezes,pois o marido não lhe dava a tenção devida quando o assunto era sexo. Tânia era muito fogosa, mas Jonas tinha algumas restrições quanto a fantasias, pois era muito religioso e correto.

Certo dia, avisaram que o padre da paróquia seria substituido naquela semana. Todos ficaram curiosos p/ conhecer o novo representante de Deus. Sábado à tarde apareceu um senhor de aproximadamente 60 anos, alto e muito bem conservado com mais um jovem seminarista. Apresentaram-se rapidamente p/ o pessoal que os cercaram na praça da pequena cidade e já anunciaram que domingo haveria missa normalmente.

No domingo todos estavam lá p/ conferir a oratória do padre, inclusive a família de Jonas. Sentaram-se na primeira fila.Tânia, mesmo estando vestida discretamente, estava lindíssima.Ela notou que, durante a missa, o padre lançava olhares um tanto quanto estranhos p/ ela.Achou estranho, mas não deu bola.Devia ser o vestido que estava um pouco justo e marcado.Não era mesmo correto ela usá-lo.No decorrer da semana, cruzou na praça c/ o padre Beto, como era chamado, e conversou um pouco c/ ele. A princípio achou-o bem simpático, mas começou a notar que a conversa estava tomando um outro rumo quando ele iniciou elogios a sua pessoa, não só em relação à familia, ou simpatia, mas sobre a sua beleza. Tânia rechaçou toda e qualquer investida, não só por que ele era um padre, mas, principalmente, por que ela amava o seu marido e jamais pensara em traí-lo.

Domingo chegou e,novamente, todos estavam na missa. Tânia, já desconfiada das intenções do padre não parava de observar os seus olhares. Notou que desta vez além dele o seminarista tbm não tirava o olho dela. Muitas vezes, durante a missa, ela notou que os dois cruzavam olhares como que se comunicando e o assunto, com certeza, era ela. Às vezes um descia do altar e vinha p/ perto dela só p/ analisá-la, depois olhava p/ o outro e esboçava um sorrizinho safado. Aquilo estava mexendo com Tânia. Ela estava furiosa, mas, ao mesmo tempo, sentia-se invadida por estranhos de uma forma escrachada e abusada e isso a excitava muito. Estava c/ medo que Jonas desconfiasse de algo. Não sabia se falava c/ o padre p/ dar um basta, ou se ficava calada e deixava rolar.

Resolver, então, provocar um pouco aquele velho e seu moleque ajudante. Na outra missa colocou um vestidinho super justinho que definia bem o seu corpo maravilhoso, deixando seus peitos e coxas quase a mostra. Jonas reclamou da roupa, mas como confiava em sua esposa, acabou relevando. Chegando à igreja foi um espanto, mas logo a missa começou e deixaram-na de lado, menos os dois tarados de batina, que estavam deixando as bíblias do altar todas babadas enquanto vislumbravam aquelas coxas grossas e lisinhas, bem como aquele belo par de peitos firmes.

Tânia estava nervosa, mesmo gostando de ser admirada e desejada, não queria fazer mal ao seu marido, mas o tesão era muito forte e, por vezes, ela se via abrindo as pernas propositalmente só p/ verem sua calcinha. Os dois não paravam de olhar p/ o lado dela e o seu marido, inocente, ainda comentou: "olha amor, acho que já estão nos reconhecendo de tanto virmos à missa", aquele comentário deixou, inexplicavelmente, Tânia encharcada. Ela adorou ver o seu maridinho fazer papel de trouxa na frente de homens gulosos por sua mulherzinha gostosa. Mesmo temerosa, resolveu entrar de cabeça no jogo p/ ver até onde tudo iria.

No final da missa disse a Jonas que queria falar c/ o padre Beto, pois sabia que ele tinha excelentes dicas p/ dores nas costas (realmente era verdade, pois o padre Beto foi fisioterapeuta durante alguns anos) e ela estava c/ uma fortíssima. Jonas prontamente concordou e, então, foram até o altar.

Como Tânia nunca deu nenhum tipo de abertura p/ o padre,Jonas jamais desconfiaria das suas pretensões, muito pelo contrário, o marido sempre pensaria que estavam conversando algo realmente profissional ou religioso,e isto deixava Tânia ainda mais à vontade p/ realizar as suas fantasias.

O casal chegou, então, perto do padre que, imediatamente, arregalou os olhos p/ seu decote. Jonas nem percebia, mas enquanto eles falavam c/ Pe. Beto, o outro aproximou-se e olhava como lobo p/ a bundinha perfeita de sua esposa. Tânia estava muito excitada, então começou a falar de suas dores nas costas que a incomodavam muito e precisava de algo que realmente funcionasse e precisava ser p/ já. Ela notou quando os dois se olharam com cara de bandidos que estão prestes a atacar sua vítima. Tânia mantinha um ar de superioridade, numa elegância intransponível p/ aqueles olhares, não deixando os tarados perceberem nada de sua pretensão.

Pe. Beto disse que a ajudaria com prazer e pediu que ela passasse em seu quarto atrás da igreja, pedindo tbm que, por se tratar de um momento de relaxamento, seu marido não deveria ir. Ela discordou e disse que ele deveria estar junto. Como o Pe. não queria perder a oportunidade de estar ao lado daquela beleza nem discutiu. Foram então Tânia, Jonas e o Pe. até o seu quarto atrás da igreja.

Chegando lá, Pe. Beto pediu que ficassem à vontade e foi logo ligando o ar. Com isso, os biquinhos dos seios de Tânia quase furaram o seu vestidinho, uma mistura de frio e tesão. Pe. Beto sentou-se ao lado de Tânia e pediu que relaxasse. Jonas sentou-se em uma cadeira bem à frente. Pe. Beto iniciou c/ uma massagem leve em toda a extensão da coluna de Tânia,tocando às vezes,no rego dela por cima da calcinha, sempre elogiando-a p/ seu marido que concordava c/ tudo. Jonas tinha o Pe. como um santo e nem desconfiaria de nada. Isso deixava Tânia molhadíssima, seu marido ali sentado à sua frente, com um velho tarado tocando a gostosa da sua mulher e ele olhando.

O Pe. pediu p/ Tânia deitar de bruços e, se não se importasse, abrir um pouco o vestido nas costas, p/ poder sentir melhor os "seus músculos". Tânia, excitadíssima c/ o pedido, olhou p/ o seu marido p/ pedir permissão e ele apenas lançou um olhar de confirmação. Nossa! Que tesão! Deitada c/ os seios descobertos sentindo o lençol gelado daquele velho Pe. tarado roçando os seus biquinhos enquanto ele massageava as suas costas.”Vc tbm deve sentir terríveis dores no quadril,não?”perguntou o sacerdote.Tânia assentiu.Então o velho apalpou,apertou sua bunda saliente,dizendo que ela estava com a musculatura muito dura.O seu marido assistindo pensando que tudo não passava de uma caridade do padreco.Depois de um tempo, o Pe. pediu p/ ela ficar de pé, pois faria outro exercício. Jonas ficou um pouco preocupado de expor tanto sua esposa e perguntou-a se ela não se importava de ficar assim c/ o vestido aberto até a cintura em frente aos dois. Ela, c/ os peitos duríssimos de tanto tesão em provocar aquele Pe. em frente ao seu marido, responde no maior cinismo que estava um pouco desconfortável, mas precisa se livrar das dores nas costas. O Pe. olha aqueles melões de frente e quase teve um orgasmo. Diz a Jonas: "veja só, sua esposa tem seios grandes, c/ todo o respeito...", "tudo bem, seu Pe., nem se preocupe, o senhor está ajudando...!", então o Pe. volta a falar:..."pois é, por este motivo, ela exerce grande tensão na coluna lombar, e esta é uma das causas...", "Ahh,sim!"exclama Jonas admirando a sabedoria do homem.”Inclusive tem um teste simples p/ provar tal teoria...”Neste momento, ele posiciona-se atrás de Tânia...”se ela aliviar o peso do seus seios, então aliviará a tensão sobre sua coluna...quer ver!?”

Tânia sente o Pe. aproximando-se pelas costas, sente seu caralho duro roçando sua bunda bem encaixado no rego e, então, pega seus seios por trás e levanta....Tânia fica surpresa c/ a ousadia do velho, mas as suas mãos apertam ela c/ tanta perícia que ela quase se derrete. Disfarçando e sorrindo pro seu esposo dá uma esfregadinha com o rabo na pica do padreco."Viu só, não aliviou a tensão lombar!?" pergunta o padre... e não é que tinha aliviado mesmo?!

Seu marido olhava aquela cena...um homem estranho apertando os seios da sua mulherzinha gostosa e ela nem reclamando...Tânia sentia seu suco escorrer entre as suas pernas, estava embriagada de tanto tesão...então alguém bate na porta.O padre pede licença p/ o casal e dirige-se até a velha porta de madeira a qual havia, obviamente, trancado. Recomendou que Tânia se cobrisse.Que velho safado, já tinha tudo em mente desde o início...!

Quando abre a porta, aparece o seminarista trazendo algumas essências, flores, velas e cordas...o padre pergunta p/ o casal se ele pode entrar, uma vez que traziam o material indispensável p/ o próximo momento da terapia... o casal hesitou c/ a presença do rapaz, mas como tratava-se de aspirantes de padre, acreditavam que poderiam confiar.Tânia já estava um pouco confusa, não sabia mais o que pensar, nem como agir...sabia que estava perdendo o controle de tudo, na verdade já tinha perdido, mas não sabia!

Enquanto o rapaz acendia as velas e essências, preparando um ambiente bastante exótico, o padre continuou c/ suas falsas condutas. Pediu p/ Tânia ficar de calcinha e sutien e disse que o próximo excercício seria p/ fortalecer as pernas...Tânia desconfiou, mas ficou excitada c/ a idéia... Tânia, que já estava de frente p/ o seu marido, começou c/ movimentos lentos de abrir e fechar as pernas...sua calcinha já estava ensopada...dois homens estranhos vendo suas coxas lindas abrindo e fechando c/ uma lingerie branquinha de renda que deixavam tanto os seus biquinhos duros, como o seu sexo molhado aparecendo....Aqueles tarados olhando descaradamente, e o trouxa e burro do seu marido santinho nem percebendo, ela estava irritada e excitada.... O Padre, então, resolveu dar um passo adiante,já que o marido consentia com tudo."Tânia, minha filha, poderia tirar suas roupas íntimas p/ que pudessemos ter uma noção da simetria do seu corpo, é muito importante!"...aquilo já era demais, pensou Tânia, era muito abuso daquele safado....seu marido, pela primeira vez indagou:"é...é mesmo necessário?”

“Sim,meu filho,claro!”

Bem,amigos,ainda hj conto o restante...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Carioca
23/01/2006 21:44:22
É, eu sou obrigado a concordar com o Eddie. Acho que todo padre é viado, assim como toda freira é sapatão.
Eddie
23/01/2006 16:05:18
Isso é pura ficção, sei que não tem alguma veracidade acerca deste conto, quem ve assim, os padre gosta de mulher... o que eles gostam de é de uma salsicha bem grande e dura ... mas para não desprezar tanto foi ate legal melhor ainde foi escrever isso... srrsrs.
JASCINTO PINTO AQUINO REGO
22/01/2006 02:01:46
PUTA QUE PARIUUUUU MEU CADE O RESTO DO CONTO AGORA QUE IA FICAR O CARALHO!!!!!
MALUKU
21/01/2006 22:12:45
VAI DÁ O CU PRO SACRISTÃO, VAI
Cacetáo
19/01/2006 18:29:49
Isto é um conto ou uma piada? Se for piada é sem gra;a paca e se for conto é chato paca. Vc decide seu autor FDP.
13/01/2006 22:46:57
Gente, pra quem tem tara por padre, dá uma passada lá no Blog do Edu, http://eduardomoraes.net/index2.htm. Tem umas fotos de um calendário de padres super gatos que ele selecionou do site http://calendarioromano.co.uk/ . Vale a pena conferir.
11/01/2006 17:48:12
Chacal amo a sua filha, te dou um milhão por ela, quer?
Douglas
11/01/2006 10:01:06
Reginaldo eu imagino q deve ser foda ter uma mãe q é biscate e um pai q é corno é gay, mas nem por isso precisa ficar ai malhando o conto dos outros
Verdade Suprema
09/01/2006 16:38:46
Marido ingênuo, tudo bem, mas esposa pura? Vamos trocar esse r por um t, tá legal? É mais justo.
edivaldo
07/01/2006 12:08:47
quero saber como esse corno vai levar chifre e se brincar ainda vai levar vara tambem
lascacu
07/01/2006 11:54:19
isto la e conto seus cornos???
O Enfermeiro
06/01/2006 23:14:07
Se é plágio eu não sei, mas que a história é excelente e quero saber o fim isto tenho certeza.
eu
06/01/2006 16:13:23
odedio quando as pessoas inventam as estorias e nao as terminam...
Sandy
06/01/2006 02:20:47
Eu acho que vc é um viadinho que quer ser arrombado por uma gang de machos pintudos. Se o que vc escreveu for verdade. Então liga para mim, pois eu quero ser fodida por um bando de machos. cel
chacal
06/01/2006 01:03:41
já li esse conto aqui mesmo.em 2 partes.já sei até o final
porra reginaldo
05/01/2006 21:54:26
reginaldo, não faz mais nada senão estar aqui deitando abaixo, pois não? cara chato... vai trabalhar, seu chato!!!
Reginaldo Gadelha
05/01/2006 18:57:59
Como conto é uma piada, mas como piada é um conto. Já tinha lido tal estória em outro site, e o crédito não era seu. Bem, esta bem escrito, tem lógica, começo, meio e fim, mas tenho certeza que não foi vc que o escreveu, vc simplesmte copiou-o
leito
05/01/2006 18:46:16
muito boa a narrativa.
powerguido
05/01/2006 18:25:27
cade o resto do cointo caraio

Online porn video at mobile phone


contos eroticos escrava dividafudendo a vizinha que emprestei o dinheirobaixar xvideo de aluna ta secando minha bucetaporno++o++encanadorXxvideos menina com corpo definidoadolecente fima dado cusinho mais não aguenta apicacontos eroticos rabuda enganadamulher pelada colocando frutas no cel cu e dando pra sua filia cheirarler contos eróticos de nudismo 2018contos eróticos de loirinha dp interracialsobrinho vigiando tia peladavideos porno foi sem quere fiquei essitado sarrei na maeconto gay o marrento do bairrorevesando no cu da gravida pornocontos eiroticos leilapornporno largo celular ponho no cuestragaram#calcinharosaXVídeos HD pornô rola no cú de tinininhohttp//mulheres de camisola sem calcinha da.bucetinha peludinhacontos eroticos negao tirando virgindade de novinha evangelica em oficina mecanicaaa cabasso fodedoraconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesvídeos caseiro de mulheres safada matutar. Lukinhas contos eróticos gaysmulher do bocetao e cuzao cache pequeno bairros spguei torado desbocado xvideocontos foi passar uns dias na casa do cunhadodoidinha pra meter com velhoeu lembia a tua cona toudamamilos da minha mae contos eroticosvideocurto brasileiro de corno humilhadocontos eronticos batedo uma quando a vizinha viutre surpresa vendada xvideosxvidios homens do pau grande metendo com pressão e elas debruço e gozando dentroporno novinha dado jetinhconto erótico o Início de Lúcia como escravavideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delecontos eróticos, fatos veridicos com bem dotadoporno filho Engravidar mae dormidocontos eroticos peguei uma meninasair saigui depois de dar abicetaxvideo as pantera tio vendo pela braxa da porta sobrinha no banhopornodoido ela prguntou se doi dar o cuzinho.contos eroticos menage bicontos de cú de solteironafull hd xxx videos of cologiracontos eróticos aprendendo a dirigirxvideos filio comedo amae ela noa aquetaconticos erodicos gays entre entre desconhecidoscontos eu adoro me exibirmeu sogro tarado e pauzudo me transformoumundobicha montado picaocontos sou rabuda e trai contosnao aguentou a pica monstro / pornoiradocontos eiroticos leilapornvi meu genro transando contobundinhametepicao no cu arma na cabeça xvideosrelatos erótico mais lidos Genros conto minha sogra mim escutava meter na filha dela batia sirrricacontos eros chule do pintorminha bucetinha crente pequena foi arromvads a forcamulher mostrando o capô de fusca na academia bichão Grandexxxvideos sempre tive uma recaida por minha cunhadacontos gays meu macho me come com pepino e fortexvideos 2 min. transando colados e gemendo hummmmmmcontos eroticos - se o macho for cacetudover só putinho brasilero se cumendo gemendo muintocontos eróticos eu e meu sobrinhodose meu cu parra xxvideosLearse:D |zdorovsreda.ruconto.de mulher kue faz o marido de bobo e trepa c negaogaby de touros-rn transandoenteada acanhada masturba o padrastocasa dos contos eroticos Alê12vizinho a aline contos eroticosvideos pornò homem chupando gostosòcontos eroticos broxaacordei galada de tanto gemer sonhei com uma ponba que me fez gemer video porno baixarnoiva casa e não sabia tamanho iria infartar pornocontos eróticos Cracudo toca a b******** da filha em troca de drogagay cunete otima visao pornoestupro esposa contos eroticosvideo porno cavalgada forte so loiras em cacete de 30cmcontos eróticos​, praia de nudismocontos entregador de água mineral novinho comeu a mulher casada