O primeiro passeio de Déia, uma CD de primeira viagem

Um conto erótico de Safadim
Categoria: Homossexual
Data: 29/07/2013 00:37:01
Última revisão: 09/09/2014 09:12:45
Nota 9.00

Quando entrei no carro, sentia meu coração disparado pela excitação e pelo medo da exposição que eu planejava. A bolsa sobre o banco do carona continha o motivo de minha excitação e medo. Decidi que ia para um lugar longe da capital, um lugar com pessoas comuns, fui em direção ao litoral sul, pensei em Peruíbe. Era final de tarde, segui na rodovia em pensamentos maliciosos de abordagens e situações que eu poderia criar para satisfazer meus desejos.

Já havia anoitecido, avistei um posto de gasolina na beira da rodovia, esses com banheiro para caminhoneiros tomarem banho, estacionei o carro e peguei a bolsa, meu coração quase saia pela boca, pensei em desistir... tomei coragem e corri disfarçadamente para dentro do banheiro. Entrei em um reservado, podia ouvir o barulho da minha respiração ofegante. Ouvia, também, o barulho do chuveiro e a música sertaneja que um cara assobiava. Bom, estava seguro, abri a bolsa e pensei, tem que ser agora. Tirei toda minha roupa, meu corpo todo depilado, retirei uma meia fina da bolsa, com cor de pele bem clara e um caminho de strass que saia da polpa da bundinha e terminava no tornozelo. O efeito que dava é que as pedrinhas estavam coladas em minhas pernas, muito bonito. Em seguida, retirei a minúscula calcinha preta, com rendas. Vesti cuidadosamente, escondendo meu pênis entre as pernas, ficou perfeito. O sutiã era pretinho rendando também, ajeitei eu meu corpo e coloquei um enchimento discreto. Sobre a lingerie, um vestido branco, todo cheio de pregas na frente, do peito até em baixo, sem alças, colado no meu corpo, o que valorizou bastante, minha barriguinha bem reta e a bundinha arrebitada. Para arrematar a vestimenta, um salto maravilhoso, rosa de vinil, que deixou meu corpo com uma postura muito elegante. Faltava pouco para minha perfeita transformação, deixar de lado minha identidade social e assumir a identidade que habita dentro de mim... peguei uma peruca de cabelo natural, liso, com a ponta cacheada e fiz uma maquiagem deixando minha pele muito clara, ressaltando de preto meus olhos amendoados e de vermelho marcante, meus lábios. O toque final foi uma essência feminina e sexy de um perfume importado... agora sim... eu era Déia...

No tempo que fiquei me preparando, ouvi vários homens entrarem e saírem do banheiro, mas nesse momento, aparentemente, só havia um tomando banho. Deixei o reservado e caminhei ao espelho do banheiro, coloquei um par de brincos de brilhantes e, enquanto eu retirava a gargantilha, o homem saiu do chuveiro e começou a se secar. Quando me viu, deu um sorriso safado e disse: que susto gostoso... mas que princesa cheirosa. Eu virei para ele e sorri em agradecimento. Mas homem é um bicho incorrigível e ele não seria diferente. O safado tinha braços fortes com uma tatuagem no ombro, o peito era definido também e possuía uma leve barriguinha de cerveja. Tratou de tirar logo a toalha que escondia seu belo instrumento. Ele devia ter uns 38 anos, branco, poucos pelos pelo corpo, somente na base do pau e no saco, eram pretos e em grande quantidade. Seu pinto era bem gostoso, grosso, inclinado para esquerda, cheio de veias e com a cabeça levemente coberta pela pele, que marcava o contorno da glande. Com certeza tinhas uns 19cm, mas bem pesado. Vem aqui princesa, ele me disse, eu coloco a correntinha em você. Sem falar nada, ainda não sabia como utilizar a minha voz, caminhei até ele com a gargantilha na mão, virei de costas, levantei o cabelo e ele se aproximou, passou a joia entre meu pescoço. Eu inclinei sutilmente o pescoço para frente, e ele se encaixou todinho em mim, sentia seu pau grosso entre minhas pernas, roçando na meia. A essa altura sentia seu pau babando nas minhas coxas. Quando uniu o fecho, deixou escorregar a mão grossa no meu pescoço e disse em tom grave sussurrado: pronto. Dei quatro passos a frente, me virei e disse, suavizando o máximo que pude minha voz, obrigado lindo. Ele disse, vem aqui princesa. Não posso, tenho que ir.

Neste momento um outro homem entrou no banheiro, provavelmente caminhoneiro. Quando passou por mim assobiou e disse. Nossa que gata, espera ai boneca, vou tomar um banho rapidão e vamos para o meu caminhão. Esse cara era um cinquentão, já barrigudo e com bastante pelos que já estavam bem brancos. Sorri, com bastante sensualidade e disse, hoje não vai dar, tenho que ir. Ele ainda insistiu, eu te dou uma grana a mais, pensando que eu era uma prostituta de posto de gasolina, o que de certa forma, me excitou muito. Mas somente completei, já tenho compromisso gatão, tenho que ir. O cinquentão olhou para o outro cara, que tentava esconder a ereção com a tolha e mandou: que sorte a sua, heim, cara. Mas ele respondeu: sorte nada, ela não quer nada comigo também. Peguei a bolsa, mandei um beijo no ar e com um sorriso largo fui saindo do banheiro, me sentindo a mulher mais desejada, enquanto eles ainda tentavam me persuadir a fazer um programa, agora com os dois. Enquanto pensava que caminhoneiros são tão liberados sexualmente, não tentam esconder nada um do outro, enquanto isso, me sentia vigiada, pelos olhos de todos que estavam no posto, nos caminhões, no restaurante e até os frentistas que se juntavam para comentar algo, com sorrisinhos no rosto. Instintivamente um moreninho apertava a rola no uniforme verde do BR.

Me sentia realizada como fêmea, me sentia livre... sei que você deve estar se questionando porque não transei com o caminhoneiro gostoso no banheiro. Uma fantasia perfeita com aquele macho pauzudo. Mas não era esse o plano, queria algo mais casual, algo que acontecesse quase que por acaso, seguindo na rodovia, nutria uma certeza de que coisas deliciosas ainda aconteceriam naquela noite e que somente a Déia poderia me proporcionar...

Se quiser ler a continuação acesse a aventura de Déia com o Policial Rodoviário //remontotdelka62.ru/mangafap/texto/[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/09/2014 04:04:22
Leia uma história fascinante e excitantE: http://bookess.com/read/21229-fabinho/
30/07/2013 01:19:06
Muito legal
29/07/2013 01:28:32
Adorei! Conte mais!

Online porn video at mobile phone


carine patricinha casa dos contoswww.xxvideo calvolga na anacondavov chorando na pisa do negao pisudotrelada xxx conto fotoconto erotico gay dei sonifero pro meu filhinho e comi elemae se engachou e filho comeu em baixo da cama xvideosconto erotico gay o policial do girocrente safada contosContos eroticos a bucetona da mamae e a rolona gigante do papai e as gemeas xvidios homens do pau grande metendo com pressão e elas debruço e gozando dentrojantar em familia mulher senta no colo do marido e começa a transar sem a familia desconfiar pornosr mauro adora fude um rabinho do novinho contos eroticoscomocomia a minha tiasem ela saber- Casa dosContoscarota catarinese gemendo na boca da sua amigameu amigo comeu minha mulher e ela se apaixono noinho bem novinho mesmo martubando pela primeira vezanythingConto erotico mulher quarentona crente dando o troco com amigoamigo dormiu camping esposamagrinha quartuda pordo doidomae nao aguentou dormi com o pau grande e grisso do intiado sexocontos eroticos barbeiro cortando cabelo de mulhercontos eiroticos leilapornXVídeos dando choque sarrando no carropezinhos no meu pal contos eroticoconto eroticos. quando era mais nova. eu era uma putinhavideos porno da carolzinha santos bundudascoroas brasileiras gritando cm o puu na xana e pedindo mais xvidionovinha xeia de pintas na bct na siriricanovinha baiana macumbeiro dando só o cu filme pornô2000 mil foto de mulheres gostosa impinano abuda peladavídeo porno com uma negona de bunda grande recebendo três puconas no rabomulher do Espanto dopando a mais gostosacontos de scat lesbicoa com merda mijovirgemcasadoscontoseintiada transano con seu padrasto ei vido caseroxvideos entoscadaxvidio consolo vinguemconto erotico viado novinho vira escravo do coroa dominadorconto erotico filha seduzindo pai velho coroa grisalhoadolecentes sendo fudidas por penis gigante e cabessudos pornotitio me comeu contos eroticosmenina novinha sentido jatos de porra do pai pauzudoconto erotico tenho 60 anos o meu sobrinho e um taradinhoMeu cão ralf me comeu contofogosa nuonibuincesto pai bota filha pequena no colo e ficar bolinando elamulherer pediu mais piroca mais nao rinha mais e endiou a mao ate o corovelo pornocoroa ponha cao para chupalaaquela mulher bem gorda da bundona fazendo sexo assistir àquela bem gordona mulher da bundonamulheres distraidas xvidiis.comcontos erotico eu masturbei nosso cavalo na chacaraquero ver homem lascando a b***** da mulher e a mulher gemendo de prazer arrotoxv.ogenrro.cl.endo.asograconto erotico novilha no seuônibus lotadomulheres brincando com penis so na portinhacontos eroticos sentei no colo do pirralhosexo ela nao quis da so acariciarcontoerotico pirralho comedorConto erotico bebendo a porra da rapaziadaxisvideo casero gemida mas gostosameu primo e eu na resistiu e comeu o bucetao da minha tia contopadastro poe pau na boca da garorinhacontos minha sogra proibida minha amante ate hoje.min engravida amor porno sacanaX videos o papai bricano de filho pra afilha dar de mama nus peito durinhomulher tarada morando sozinhaSo Uma Boquete Contos EroticosVIDIOPOMO DI PAULISTA bolinei empe a faxineiracontos eróticos com fotos esposas estupradas submissasSir eu marido nao gosta de chupa seus seios Que fazer para ele chupalos contos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putaxxvideosogradesejo de matar no onibus encoxadorputa tomando gozada na bunda com a calcinha abaixadaxxxvideos gozandone buseta da ninfetapornô sogro troca carinho com amora no celeirovideo mendingo pau gigante come coxuda de minisaiaporno velha colocando cabrestocontos eiroticos leilapornx vdeos novinhas mostrando busetinhaescravizada por chantagens contos eroticoskid bengala com meno abuçeta de brazileriaminha entiada loca pra da apenas dez aninhos contos eroticoswww.videos de sexo amararam o marido e comeram a patroaconto eeotico fimoseBaixar video acordei fui ao quarto irma dormindo nao teve saida tirei seu cabaçoperseguindo brasileiras casadas para lhe foder o cu eroticoeu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandecontos eiroticos leilapornxvideo negra casada afastou o bebydou de lado pro marido mete pornoxvidios outros puraiwww.xxvideo menina colegial mae calvolgando