The Diary of a Prince - 1

Um conto erótico de Harry Collins
Categoria: Homossexual
Data: 11/12/2016 00:13:44
Última revisão: 11/12/2016 00:16:34
Nota 10.00
Assuntos: Romance, Gay, Homossexual

Oi, bom, sou novo por aqui, não sei se você irão gostar desse conto, é a primeira vez que escrevo, espero que gostem e antes que eu me esqueça, meu nome é marcelo.

Apresentação dos personagens:

Harry Collins: Um jovem comum (pelo menos é o que ele acha), ele morava com sua mãe em Los Angeles desde que nasceu, não conheceu seu pai, pois segundo sua mãe ele morreu em um acidente de carro, o máximo que sábia sobre ele era o seu nome: Robert Watson, atualmente sua mãe está internada com leucemia aguda em um hospital próximo a sua casa, segundo os médicos ela tem algumas semanas de vida, essa notícia abalou Harry , ele tem 18 anos recém-completados, 1,78 de altura, corpo em forma graças a genética de seu pai, pele muito branca, olhos verdes escuros, cabelos pretos como a noite, lindo, porém não sabe se arrumar, estuda na William McKinley High School e está terminando o último ano antes da faculdade, sofre bullying diariamente tanto por meninos quanto por meninas, mas o pior de todos é John Higgins.

John Higgins: Um garoto considerado o bad boy da escola, é a pessoa que mais pega no pé de Harry Collins e isso se deve a um sentimento que ele tenta esconder de si mesmo, ser gay pra ele é uma doença e deve ser exterminada, por não aceitar sua condição acaba por agredir verbalmente e muitas vezes fisicamente Harry, tem 19 anos, 1,80 de altura, musculoso graças a academia, cabelo preto, pele branca, olhos castanhos claro, o típico bad boy lindo e estupido.

Dylan Anderson: Melhor amigo de Harry, desde o ensino fundamental, sente uma paixão avassaladora por John, mas assim como o melhor amigo também sofre bullying causado por John e isso o machuca muito, sua esperança é que um dia John sinta o mesmo que ele, ele tem 18 anos, 1,75 de altura, corpo normal com alguns músculos, cabelo cacheado como cabelo de anjo castanho claro, olhos verdes claros, pele branquinha com bochechas rosadas.

Marie Collins: Uma mulher de fibra, fugiu do reino da Inglaterra do Sul gravida de harry, por medo do Rei Edward separa-la do filho assim que ele nascesse pois ele se tornou o herdeiro legitimo do trono já que seu pai o príncipe Robert falecerá em um trágico acidente, fugiu para os Estados Unidos e lá refez sua vida, mas nunca casou-se após a morte do seu único amor, aos 39 anos descobrirá que tinha leucemia aguda e que a mesma já estava muito avançada, fez alguns tratamentos mas após um ano nenhum deles fez efeito e receberá a notícia que só lhe restam algumas semanas de vida, pensando em seu filho e para não deixa-lo sozinho no mundo resolverá revelar o segredo que a tanto tempo guarda.

Louis Schreave: Herdeiro do trono da Inglaterra do Norte, está comprometido com a Princesa Eleonor Watson, Herdeira do trono da Inglaterra do Sul, mas ele não a ama, está casando apenas para unir os dois reinos como era no passado, apenas um contrato e nada mais, por Eleonor ser a próxima na linha de sucessão da coroa, eles deveriam se casar, tem 21 anos, 1,88 de altura, pele branca, cabelos loiro bem claro, olhos azuis bem claros também, corpo malhado por servir ao exército de seu reino.

Helena Underwood Watson Potter III: Rainha da Inglaterra do Sul, governa o reino com amor e justiça, esconde uma enorme magoa pela morte do seu único filho o Príncipe Robert Underwood Watson Potter I que morreu em um trágico acidente enquanto pilotava um caça da força aérea do reino, sentia magoa por seu único filho ter partido sem ao menos perdoa-la, mas que culpa tinha ela de não ter podido ficar ao lado do filho e da mulher de quem ele tanto amava? Ela não podia ir contra seu marido, o Rei Edward era um homem rígido, o reino tinha medo dele e com a rainha era a mesma coisa, ele seria capaz de naquele triste episódio a acusar de traição pelo simples fato de apoiar o filho em se casar com uma plebeia, mas Robert não entendeu e acreditou que a mãe era contra o casamento e desde aquele dia nunca mas falou com ela novamente. Desde a morte do Rei Edward ela governa o reino e prepara Eleonor para subir ao trono, ela tem 56 anos, 1.75 de altura, olhos verdes claros, cabelos pretos como a noite, pele branca, o rosto já exibia algumas rugas, sempre bem vestida e elegante.

Eleonor Watson: Sobrinha do falecido Rei Edward, passou a ser a herdeira do trono após a morte de Robert, falsa e dissimulada, se fazia de boa moça na frente da tia, mas por trás desejava sua morte para poder enfim se tornar rainha, mas isso estava perto, pois em 6 meses ela se casaria com o herdeiro da Inglaterra do Norte e após isso os reinos voltariam a ser um só, ela tem 19 anos, 1,76 de altura, corpo lindo, olhos verdes, cabelos pretos que chegavam até metade das suas costas, pele branca.

Catherine Schreave: Rainha da Inglaterra do Norte, herdeira legitima do trono, teve dois filhos Louis Schreave e Ângelo Schreave, perdeu o marido cedo em um atentado durante uma viagem a deixando viúva, Liam tinha apenas 3 anos quando tudo ocorreu, casou-se novamente com o irmão do falecido marido Cirus e com ele teve Ângelo Schreave que hoje tem 6 anos de idade. Ela tem 41 anos, 1,76 de altura cabelos castanho-claros, olhos da mesma cor pele branca e um corpo ainda em forma.

Cirus Schreave: Príncipe consorte da Inglaterra do Norte, casou-se com a mulher do seu falecido irmão, para muitos um homem justo e honesto para outros, dissimulado, qual seria a verdadeira face de Cirus? Ele tem 43 anos, 1,80 de altura, corpo em forma, cabelos loiros, olhos azuis escuros e pele branca.

*

*

*

*

**************************************************************Capitulo 1*********************************************************

Mais um dia amanhece, não acredito que já é segunda novamente e vou ter que voltar para a escola, levanto da minha cama e vou direto para o banheiro, olhando-me no reflexo digo para mim mesmo:

Eu: Nossa Harry, você está um caco. Digo me referindo as olheiras que agora estavam presentes ao redor dos meus olhos.

Desde que minha mãe descobriu que estava com leucemia eu não tenho dormido direito, quando recebi a notícia que ela tinha apenas algumas semanas de vida tudo se tornou ainda mais doloroso, passei a ficar mais tempo no hospital do que na nossa casa e pra completar ainda teria que ir naquela droga de escola pois mamãe me fez prometer que eu não pararia de ir, pois quando ela partisse eu deveria seguir o rumo da minha vida, na noite passada fui visita-la, saindo de lá as 3:40 da manhã de hoje,

Tirei meu pijama e entrei no banho, deixei que a agua morna tirasse meu sono e meu cansaço, após o banho troquei de roupa, vesti o uniforme da escola que por opção própria é largo e grande em mim (comprei 2 números maiores), desci as escadas e peguei apenas uma maça, a casa encontrava-se em um silencio triste, sem minha mãe ali aquela casa tornava-se fria e sem vida, por ser arquiteta ela planejou toda nossa casa, que tinha 2 pavimentos e um jardim, à frente da casa era toda de vidro, mas agora que estou só fecho todas as janelas, atravessei o jardim e ao abrir o portão dou de cara com Dylan.

Dylan: Já iria arrombar essa porta. Disse fazendo cara de mal.

Eu: Iria nada, te conheço e sei que vc iria me esperar o dia inteiro se necessário.

Dylan: Você se acha né. Disse fingindo estar indignado.

Eu: Eu tenho certeza. Disse começando a caminhar.

Dylan: Ai Harry, vc é ridículo as vezes. Disse me acompanhando.

Eu: se continuarmos assim, vamos acabar nos atrasando. Disse apertando o passo.

Dylan: Calma, ainda temos tempos, mas como está a tia?. Ele chamava minha mãe de tia pois nos conhecemos desde pequenos.

Eu: Está indo né, ela disse que está pronta para partir. Disse ficando triste.

Dylan: Mas é você Harry? Tá pronto pra deixar ela partir?

Essa pergunta ficou ecoando em minha mente e não, eu não sabia se estava pronto para deixar minha mãe partir, eu a amo, mas não quero que ela sofra mais e ela está sofrendo, mesmo ela fingindo-se de forte, eu sei que ela só quer descansar.

Continuamos o caminho até a escola em silencio.

Ao chegarmos na escola demos de cara com John, parecia que ele amava nos perturbar, parecia obsessão.

John: Ora, ora, ora, se não são as duas bixinhas saltitantes.

Eu: Não enche John. Disse passando por ele sem me importar, mas ele segurou meu braço.

John: Nunca, nunca vire as costas para mim. Disse apertando meu braço.

Eu: E você, nunca, nunca encoste essas suas mãos em mim novamente. Disse puxando meu braço.

John: A bixinha está virando homem?. Perguntou sarcasticamente.

Eu: O fato de gostar de homens, não quer dizer que eu não seja um. Disse virando de costas.

John: Ei. Me chamou.

Eu: O que é?. Perguntei virando me.

Foi tudo rápido, quando vi Dylan estava no chão com o nariz sangrando, John iria me dar um soco, mas Dylan entrou na frente acertando ele ao invés de mim.

Eu: DYLAN. Gritei já me abaixando pra ajudar meu amigo.

John: Eeer, foi sem querer, você também não tinha que entrar na frente. Disse como se tivesse preocupado, é isso?

Eu: SAI DAQUI SEU IDIOTA. Gritei com e ele saiu atordoado, nunca o tinha visto tão perturbado.

Eu: Você está bem?

Dylan: Estou sim. Respondeu triste.

Eu: Vem, vamos na enfermaria. Disse o ajudando a levantar.

Fomos na enfermaria e lá a enfermeira Minerva apenas limpou e certificou-se de que seu nariz não estava quebrado.

Quando entramos na sala, a aula da professora Elizabeth de filosofia já tinha começado, seguimos até nossas respectivas carteiras, mas antes pude reparar que John nos olhava, ou melhor, olhava para Dylan e parecia preocupado, isso me deixou curioso.

Na hora do intervalo Dylan me chamou para ir na cantina.

Dylan: Vamos Harry. Disse fazendo cara de cachorro pidão.

Eu: Desculpa Dylan, mas preciso ir na sala de música.

Dylan: Aff, você sempre vai lá, faz diferente hoje. Disse fazendo cara de tedio, realmente, eu sempre ia até a sala de música, lá era meu refúgio.

Eu: Sinto muito. Disse me afastando e indo em direção a sala de música, como sempre a mesma estava vazia, caminhei até o piano.

Hello – Adele

Hello

It's me

I was wondering if after all these years

You'd like to meet

To go over

Everything

They say that time's supposed to heal ya

But I ain't done much healing

Hello

Can you hear me?

I'm in California dreaming about who we used to be

When we were younger

And free

I've forgotten how it felt before the world fell at our feet

There's such a difference

Between us

And a million miles

Hello from the other side

I must've called a thousand times

To tell you I'm sorry

For everything that I've done

But when I call you never

Seem to be home

Hello from the outside

At least I can say that I've tried

To tell you I'm sorry

For breaking your heart

But it don't matter, it clearly

Doesn't tear you apart anymore

Hello

How are you?

It's so typical of me to talk about myself

I'm sorry, I hope

That you're well

Did you ever make it out of that town

Where nothing ever happened?

It's no secret

That the both of us

Are running out of time

So hello from the other side

I must've called a thousand times

To tell you I'm sorry

For everything that I've done

But when I call you never

Seem to be home

Hello from the outside

At least I can say that I've tried

To tell you I'm sorry

For breaking your heart

But it don't matter, it clearly

Doesn't tear you apart anymore

Oohh, anymore

Oohh, anymore

Oohh, anymore

Anymore

Hello from the other side

I must've called a thousand times

To tell you I'm sorry

For everything that I've done

But when I call you never

Seem to be home

Hello from the outside

At least I can say that I've tried

To tell you I'm sorry

For breaking your heart

But it don't matter, it clearly

Doesn't tear you apart anymore

Terminei de cantar com os olhos cheios de lagrimas, mas com uma sensação de leveza, cantar para mim tinha disso, tinha o dom de me aliviar.

Voltei para a aula e lá encontrei Dylan, conversamos um pouco e logo as aulas retornaram.

As aulas passaram rápidas, cheguei a estranhar, como todos os outros dias fui para o hospital, me despedi de Dylan e segui meu rumo para o hospital San August, estranhei a movimentação em frente ao mesmo, jornalistas e fotógrafos apostos, entrei no hospital sem demora e me dirigi ate o balcão onde encontrei Meghan.

Eu: Oi Meghan, que movimentação é essa?. Perguntei me referindo aos jornalistas lá fora.

Meghan: Vieram por conta da rainha da Inglaterra do sul. Respondeu me olhando com um enorme sorriso no rosto.

Eu: E o que aconteceu? Acidente?. Perguntei curioso.

Meghan: Que nada, ela veio visitar um paciente do hospital.

Eu: Nossa, deve ser importante, mas agora vou visitar minha mãe, tchau. Disse indo em direção ao corredor, ainda escutei ela falar algo que não entendi.

Ao chegar perto do quarto de minha mãe fui parado por um segurança que me revistou, com certeza deve ser por conta da rainha, mas estranhei o fato de haver dois seguranças parados na porta do quarto da minha mãe.

Eu: Com licença disse passando pelos dois e abrindo a porta.

Minha mãe conversava com uma mulher, mas pararam assim que me viram, uma mulher muito elegante por sinal, ao me ver ela levantou da poltrona e ficou me olhando com os olhos cheios de lagrimas, eu sem entender sorri para ela.

Eu: Mãe, quem é essa?

Mãe: Filho, essa é sua avó paterna, Helena Watson, ou melhor, Helena Underwood Watson Potter III, Rainha da Inglaterra do sul.

Eu apenas comecei a rir descontroladamente, aquilo só poderia ser uma piada.

Eu: Vocês devem estar de brincadeira, se ela é minha avó e é uma rainha eu seria um príncipe? KKKKKKKKKK, muito engraçado. Disse rindo, mas ambas ficaram serias.

Helena: Príncipe e futuro rei.

Eu: Sem chance, chega de piadas por hoje.

Mãe: Ninguém está contando nenhuma piada Harry, você é neto de Helena, seu pai era o príncipe Robert que faleceu em um acidente trágico, quando isso aconteceu eu estava gravida de você, tive que fugir pois seu avô o Rei Edward te tiraria de mi assim que nascesse se soubesse da sua existência, escondi de todos a sua existência para te proteger, mas agora tive que revelar esse segredo antes que eu morra, não quero e nem vou deixa-lo sozinho. Disse com os olhos cheios de lagrimas.

Eu estava estático, eu? Um príncipe?

*

Continua?

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/12/2016 03:02:41
Mal chegou e já considero pacas. Por favor, um cap por dia. Muito bom.
11/12/2016 20:52:07
Muito bom bem interessante o tema :)
11/12/2016 10:49:37
Amei lindo começo de conto, amo contos assim de príncipes e reis amo de paixão tá muito legal Parabéns, porfavor não demora pra postar, amei de paixão!!!♡♡♡♥♥♥
11/12/2016 07:10:04
Continuaaaaaaaa.Amei o teu conto,é super envolvente e bem detalhado e eu adoro os contos que têm principes e reis.Não demora não.Eu ja to vendo o Harry passar poucas e boas nas mãos da Eleonor.Eu ja odeio ela kkkkkkkkk.Volte Logo
11/12/2016 04:22:34
SUPER INTERESSANTE. DE PLEBEU A HERDEIRO DE UM TRONO.

Online porn video at mobile phone


videos latifa comendo merdacontoerotico namorada e mae putas do tio jorgePORNO DE GAMEIQUIE Travesti fica olhando sua amiga recebe crempe analMulher gostosa dw vestinho coladinhos fudendoporno pagando dívida com a mulher e a mae5 contovid porn casei entead fio dental fas gosa ponh casagostosa chifrando corno com seguranças na festa contos eroticoscomi a puta do meu tio a forca contoHaitianos e camareiro mundobichaminha esposa amamentando o vizinho pornôvídeo sexos pimenta na boceta com patroa sádicaConto erotico gordinha ensopadadoce nanda parte cinco contos eroticosxsvideos macho submisoporno com magrınha com dotadonao aguentei e comi minha irmazinha.contoscontoerotico eu namorada mae e tioporno.mae.estrupra.finhamolhes pela porno vida de meninas de 19 anos xxvideo asistir homem corendo a cabessa na buceta da mulherhomens de de sambacancao cossando o pau diro e peludomulher gosta de ficar emgatata com seu zoomendiga da o botãozinho por causa de dinheiro XVídeosxvidios estorando as prega das cuzudascontos eroticos tentei fugir mas fui estupradapirocas enormes pornodoido garganta profunda imensas que fazem um estragoGosando .na boca d nlvinhasnovirha gozanoentrei no quarto errado e me fudi contos de incestofilme porno home reprodutoBrotheragem - Segunda Temporada - 8novinha de quinze anos fodida a forca pelos trez vizinhos bem dotados contosgozada nu cu qe iscorreucontos picantes de amor gaysvai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salafilme porno com lesbica se chupando e gemendo nuito grAtis pra assistirgrêlinhos lindosenfiou no cu da coroa ela deu um urro x vidiocontos da cona esporradaf****** titia de ladinholeitinho do padrinho contos gayporno de viado novinho tavinho seno xupado xvidecasasdoscontos 49/54contos eroticos um velho me pegou na praiawww.negao metie na velha porno.comlourudas gozando por cimaxvideos coroas enpegada faxineira limpando a louça e o patrao chega em casa e acaba fazendo sexo com elamulata safada gosto da vara do roludo e traiuRELATO. dei cu e fiji pra um amigoirma chama o irmao par tarnze xvideosContos eróticos sobre marido militar e sua esposa na lua de melve porno cm padrastro cumeno entiada navinhaRELATO. dei cu e fiji pra um amigohomem safado alucando irma ate fudecontos de incesto brincarcontos eróticos em fábricaconto erotico huntergirls71bunda redonda da coroa crente contos eroticosomen a molese a mulher tirando o pau br afora ela nao aguenta pornosinhazinha estrupada por escravos pornosexo contos eroticos comi minha prima d menor nordestinaCrentinhas cabacinhosconto erotico `gerente do restaurante`bigbundagayvídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçaconto gay barraca armadaVERVIDEOE.ENCOXADA.NO.ONIBUSxvidio frre com rabos gigantegostoso chupar meu amigo na chuvacontos gay afeminadosas boyzinha nas Vaquejadas cara comendo ela bêbada XVídeos brasileirasesgichada de gala da bucetafotos de gordas gostosas de cho tinhos amostran do abocetapatricinha do olho azul vai perder virgindade com irmao e fica cheia de frescura e chorando com dor video pornoanal normalistadescobri que meu namorado da o cu yahhovideo de padrasto tentando resistir a enteada sentando no colo delegemeas identicas dando a bucetinha pra um taradinhotornando o conto eroticoCazada cao tezao pornegao ehomens da chapeletao do pênis enchodo arrombando curelato esposa cincoentona timida primeiro amanteler contos eroticos de padres reaismae e tia na piscina contoscoroa safada deixa emcanador estigado xvideoconto sou crente casada carente provocando os pedreiropegou o marido fudendo a cunhadaxvidios.comnovinha pediu que tirase da frente e enfiar atras rapidoconto gratis branquelo chupou a buceta da mulataxaninha mostra as penujinhasvídeo pornô mulher com a b***** o corpo cheio de quadradinho de homem g****** na sua portaas crentihas maisgotosasfotos enfermeira gostosa pega rola pascientevovo gostosa seduzindo o neto contos eróticosxevideo mulher dormido e rola entrando