DIARIO PROVOCANTE DA VIC - PARTE 16

Um conto erótico de VIC
Categoria: Heterossexual
Data: 10/06/2019 16:32:44
Nota 10.00

DIÁRIO PROVOCANTE DA VIC

PARTE 16 – UMA AULA ESPECIAL DE REFORÇO.

Olá meus amores, agradeço a todos que estão acompanhando meu diário, estou iniciando o período de provas e estou estudando muito então tive pouco tempo para escrever minhas historias aqui. A semana passada foi tranquila, ainda estava digerindo os acontecimentos do final de semana anterior, pouco conversei com meu padrasto Caio, na sexta-feira ele até perguntou se tinha algo errado, se estava brava com ele coisas do tipo, respondi tranquilamente que não tinha acontecido nada e que devido as provas estava focada mais nos estudos nessas duas próximas semanas.

No sábado ele e minha mãe passaram o dia fora, foram numa confraternização só chegaram lá pelas 10 da noite, eu estava na sala conversando no zap com meu primo Tiago, o safado tava implorando nudes pra mim, eu não enviei, mas ele me encheu de fotos da pica dele, dura feito pedra e eu só imaginei a noite em que enchi minha boca com aquele cacete na festa passada, pena que foi tão rápido. Olha que eu já estava quase disposta a ir no banheiro e mandar fotinha da minha periquita pra ele, mas foi quando mamãe chegou.

Perguntei pra mamãe se eles queriam alguma coisa pra comer ou beber. Mamãe pediu apenas agua, disse que estavam mortos de cansados e que iriam só tomar um banho e dormirem. Eu e mamãe fomos pra cozinha, Caio foi tomar seu banho, minha irmã estava no quarto assistindo Animes. Mamãe me questionou se no meio da semana Caio tinha perguntado algo sobre o que rolou na festa pra mim, eu respondi que não, pois realmente ele não tinha. Então nos subimos, Caio já tinha tomado seu banho e estava no nosso quarto conversando algo com minha irmã, ele estava somente enrolado na toalha, então entrei no quarto e mamãe foi direto pro banheiro, joguei-me na minha cama e reparo que tinha algo volumoso naquela toalha, que estava roçando no ombro da minha irmã que estava sentada na mesa do computador.

Ele então, deu boa noite pra nós e foi para seu quarto. Eu perguntei pra minha irmã o que eles estavam conversando, ela disse que era besteira mesmo, perguntei se ela tava sentindo ele roçar a caceta no ombro dela, ela nega com a cabeça, dizendo que não tinha sentido nada.

Passaram alguns minutos mamãe sai d banho e vai até nos se despedir e pede pra irmos dormir também. Passaram meia hora depois me levantei e fui ao banheiro, quando saio do banheiro e já ia entrando no meu quarto, meu padrasto aparece pelado ao abrir a porta do seu quarto, acho que eles tinham acabado de transar e ele pensava que estávamos dormindo já, ele estava todo depilado, o seu cacete mesmo mole ainda permanecia imenso, com uma baita de uma cabeça, nós se assustamos e acabamos fechando as portas juntos, eu adentrando no meu quarto e ele retornando pra o seu. Fui dormi com aquela imagem e também visualizei novamente as imagens enviadas pelo primo e depois apaguei todas.

No domingo, eu acordei cedo com mina irmã, pois tínhamos combinado de sair juntamente com a Mell, iriamos dar uma volta pelo centro da cidade. Fizemos nosso passeio e retornamos por volta das 13:30, almoçamos na casa da Mell onde seu pai havia preparado um churrasco. Minha mãe e o padrasto tinham sido convidados, mas ainda não tinham dado as caras por lá. Acho que ainda estavam de ressaca. Almoçamos e eu retornei pra casa, tinha que finalizar um trabalho de matemática que será entregue na terça-feira. Minha mana ficou brincando com Jr de videogame. Chega em casa, vovó estava dormindo, Caio e mamãe estavam no quarto assistindo Tv, perguntei se eles não iriam la casa da Mel almoçarem, disseram que não, pois já tinham comido uma gororoba e estavam cheios. Tomei um banho e vesti minha camisola surrada, nem me preocupei em vestir calcinha.

Peguei meu notebook, alguns livros e o caderno e fui pra cama. A porta do quarto eu deixei aberta, estava sentada na cama bem descontraída nem percebi que tava até demais, meu padrasto passou duas vezes a frente do quarto e fazia questão de dar uma paradinha e olhava em minha direção, na terceira passada é que eu percebi que pelo modo como estava sentada, dava pra ele ver minha bucetinha toda arreganhadinha. Foi só então que me acomodei descentemente rsrsrsr. A porta do quarto deles também estava aberta, e me surgiu uma duvida em uma conta, Chamei pelo Caio, ele prontamente veio, e perguntei pra ele se poderia me auxiliar. Ele acenou com a cabeça, retornou a porta e a fechou, falou que minha mãe estava cochilando. Pegou o caderno de minha mão e sentou a beira do colchão a minha frente. Ficou olhando a questão por alguns minutos, fez uns rabiscos e começou a orientar entregando o caderno pra mim. Ele sentou-se com uma perna apoiada no chão e a outra sobre o colchão, colocou seu caderno sobre minha coxa, sua bermudinha de seda curto deixava fácil de ver o volume e a pontinha da cabeça de seu pênis querendo fugir. Ele colocou uma de suas mãos sobre minha coxa e com a outra ia indicando como resolver o exercício. Lentamente ele começou a alisar minhas pernas, eu também fui lentamente dando cutucadas com a ponta do lápis, na direção de seu pênis. Fingia que estava prestando atenção nas explicações mas tava de olho mesmo era no seu cacete que a cada toque com o lápis o bicho latejava por baixo da bermuda, dava pra ver a pulsação dele e também eu recebia um aperto mais gostoso nas pernas, que naquela hora sua mão já estava bem próximo da minha buceta, não tava vendo a hora dele tocar com o dedinho minha virilha.

Nisso minha irmã entra no quarto, pegamos um leve susto, vejo quando ele tenta acomodar seu cacete na bermuda, mas é em vão, como é bastante fino sempre vai ficar aparecendo, ele então puxa um livro e coloca sobre ele. Minha mana apenas pega um jogo e retornar pra casa da Mell. Retornamos pra minha atividade, que já tinha até acabado, só restava aquela questão mesmo, porem pedi pra ele dar um olhada nas outras e corrigir. Eu me levanto e falo que vou na cozinha beber agua, ele pede um copo também, feito isso retorno com um copo d’agua, encosto a porta, ele ainda tava corrigindo e encontrou um erro numa questão. Assim sento-me novamente na mesma posição que antes, ele me explica o erro e coloca sua mão novamente em minha coxa, quase no meu quadril. Dou uma suspirada longa e ele me pergunta o que houve. Respondo que é só uma dorzinha no ombro e costa devido à posição. Ele então me oferece uma massagem quando acabar os exercícios, o que eu faço ligeira. Exercício feito eu cobro sua massagem. Ele fica de pé e pede pra eu sentar no colchão virada de costa pra ele.

Suas mãos começam a massagear meu ombro, sinto seu cacete dando leves toques em minha costa, já dava pra sentir sua cabeça pontiaguda. Assim ele se encosta de vez e ai eu sinto bem aquele volume, ele levanta meus braços pro alto e até me faz se sentir aliviada mesma... Depois pede pra eu me deitar de peito pro colchão pois iria massagear minha coluna. Deito-me e percebo que minha camisola cobre somente uma pontinha do meu bumbum. Não me importei, e Caio começou a forcar minha coluna com o pulso, mas não tirava o olho do meu bumbum, eu estava com as penas bem unidas, então resolvi abri-las. Aquilo foi demais pra ele, percebi quando ele arrumou seu cacete na bermuda, ele esticava o pescoço pra olhar entre minhas pernas que agora abertinha já aparecia minha os lábios rosados da minha bucetinha, decido virar minha cabeça, pois estava olhando pra parede, quando me mexo ele disfarça e pergunta se tá passando a dor, eu respondo que está muito bom, mais indico um ponto na cintura que ainda doi e ele desce sua mão pra minha cintura e começa a massagear sem tirar o olho da minha bucetinha, eu olho disfarçadamente pro sua bermuda e vejo que seu cacete ta a ponto de fura-la. Estico meu braço pra traz na tentativa de toca-la, minha mão alcança sua coxa, seu cacete tá mais acima. Dou uma leve levantada no braço e toco a ponto do seu cacete fazendo com que ele tome um leve susto retraindo seu corpo. Depois do susto ele retorna com seu cacete e fico com um dos meus dedinhos alisando seu pau sobre a bermuda, ele começa a passar sua mão sobre meu bumbum, eu estava me sentido toda melada por dentro, sinto seus dedos alisando o entorno do meu bumbum indo em direção a minha buceta, meu corpo estremece, ele olha pra meu rosto, eu estava apenas com um dos olhos abertos, mordia meu lábio inferior, tentei alcançar a cabeça da sua rola, queria aperta-la com força, quando ia sentindo seus dedinhos tocar os lábios da minha buceta mamãe grita por ele... Caracas, não pode ser... mas ele na sua ultima chance ainda enfia dois dedinhos na minha gruta que naquele momento parecia um vulcão. Eu me seguro pra não gemer... ele cobre meu bumbum e sai do quarto direto pro banheiro... Respondi pra minha mãe que já esta indo ao seu encontro. Eu toco no meu pinguelo e aperto bem minhas pernas, estava louquinha pra gozar, me viro para um lado e outro e me seguro pra não fazer nenhuma besteira.

Mas tudo acontece na hora certa, não se passaram nem dois minutos daquilo e novamente minha irmã entra no quarto, ai fiquei imaginando, pelo jeito que estávamos excitados, não iriamos perceber a chegada de minha irmã, ai a coisa ia se complicar de vez.

A noite, não tive coragem de acompanha-los pra ir lanchar numa pizzaria próxima de casa, estava envergonhada!!! Não sei até quando vamos agir assim, sei que ele me quer e eu também o quero... Mas sinto que ele tá esperando uma atitude minha mesma!!! Hoje ainda não falei com ele, recebi um bom dia no zap dele e apenas retribui com uma carinha de felicidade, e foi só isso!!!

Esse foi o que de melhor aconteceu nesse fim de semana, como disse essa semana ainda estou realizando prova, então foco nisso, nem vou pedir ajuda novamente pra ele, senão já viu!!!

Bjs amores..até mais

Cuiabá-MT, 10 de junho de 2019

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
VIC
11/06/2019 11:14:17
Meu amigo Bode, ele chegou a mela seu dedinho na minha gruta, não enfiou fundo não... Eros BH, eu ja decidi que vou dar pra ele só no meu aniversario... Ex padre adorei seu conto
11/06/2019 06:27:05
Da logo pra ele Vic 😈😈😈😈
11/06/2019 01:49:29
Calma VIC, ainda tem seu aniverssário e o recesso da escola, tudo no seu tempo.Fuquei curioso pra saber até onde foi os dedos dele, na portinha ?
11/06/2019 00:59:38
Adorei seu conto, leia o meu
10/06/2019 22:16:07
voce é mesmo uma diabinha!!!!!! fiquei com muito tesão lendo esse relato de hoje

Online porn video at mobile phone


contos eroticos.sou crente e putinha da buceta inchada.irma cassulinha dando mole xvideoaluna novinha boqueteira eu confessoamigo da bebida. meturado com sonifero porn gaycontos eroticos de chofer de madamehttp://porno contos eroticos meteu e gozou dentrocontos eroticos cheirar calcinhaporno em familiaxxxvídeos deirmão chantageia a irmã gosa dentro da cua bucetamulher convulsiona de tesao no pinto monstrohome gozando cachara zoofeliapornoconfesso que esse moreno é deliciosoContos de loiras taradas por mendigos negrosporno novinha ferxando o cucunhado gosando na dunda sem tirar o chortes xvideosestorei a travesti safada contoXvideo mobile priminha brincando delutinhairma normalista - contos eróticosDesamarrar corda mordaça contoeroticocervepono.comvideos de sexo bruto gostosa na posiçao que intslei tudoconto erotico com o senhor ditaoprono doido morena predendo a gividade escadaloSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaEu e minha prima no motel eu disse que eu nao ia meter meu pau na sua buceta virgem mais eu meti meu pau na sua buceta virgem eu disse pra ela agora sua buceta nao e mais virgem conto eroticocontos de gozadas nas bundas grande de coroaspirralho pauzudo contosporno irmao irma vide alvivo mas avansado cozano dentro da bucetamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1ContosSexo anal gay coroas x novinhosver lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicasconheci a menina arranca a roupa dela fica pelada fazendo sexoconto erotico provoquei meu sobrinhoeptar casa dos contosdois gatoto tarado xvidiopornobrasil.meus.amigos.gozano.na.boca.de.uma.diarista.casadacontos eroticos comi a filha da minha inquilinaxvidores arega jogoContos eróticos gay meninos maldososvideo curtinhonovinha gozando pelo cuzinhocontos verdadeiros decheirar calcinhacontos de sexo da tetêcontos eróticos de enteadas zangadascontos chupando a buceta da Janaracasa dos contos gay Romance Hubrowpornoproibidodoidaocontos herotico eu tem fichens por cu peidoninfeta de fio atolada no fundilxvideos cu apertado dando pala primeira vez devagar quando entrou a cabeça ela gemeucontos eroticos sindico com um pau de 27cm fode moradora menor menorPadrinho picudo botando só a cabeça na afilhada virgem contos de zoofilia com pai e filhinhada o cu causa doensa videos sangue sexo annalasxxxxxcomvideos pornos de genros depilando sogra e n resiste fode elaanal brasileiro. uncesto irmao. comendo. ocu da irma. ela dizendo .que doi muitovisando dentro da bucetasexvideos comendo a funcioria escondidoveterinaria coletando semem de cavalo x videosnovinha safada ensina imao vigen bater punheta .comseja perguntei a vida de sexo de travesti pornô com a nossa prima de vozGTA andando pelado mostrando a pingolaler contos eroticos menagecontos eroticos irma separada vem mora comigo comieu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu conversando com a minha mãe eu disse pra ela que eu ia tirar a virgindade da buceta da minha irmã minha mãe disse pra mim filho se você tirar a virgindade da buceta da sua irmã ninguém pode saber disso a noite eu entrei no quarto da minha irmã eu deitei na sua cama do seu lado eu dei um beijo na boca dela eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta eu disse pra ela que minha mãe já sabia que eu ia tirar sua virgindade da sua buceta minha irmã tirou seu babydool eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca eu disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo conto eróticomulher da bunda grande d xorti curtomagrinha lavano a lapa bucetona grandecontos eroticos meu padrasto cavalodois menino se arretando gemendomuinto na sua primera vezxvideos-tampando a boca da novinha com um travesseiro ate ela desmaiareu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandecontos eiroticos leilaporncontos eróticos crente. certinha novinha esgassada casada xvidioxvideos caindo short do garoto no banho de baldebobeou o comedor meteu na negrapraticando scat desde pequena contosContos erotico de inseminação safada mostra xoxota pro carteiro no portãoDei para meu irmão novinho contos eróticoscontos eroticos su muiro pausudo minha esposa esta com a boceta froxamadrasta fagar estado batedor punhetapornodoidocasal liberal cornoenteada dorme de conchinha com padrasto e e penetrada.porno incesto com muita seducaoos escrava Negra a sair da Senzala para trabalhar e se masturba as duas gente tomarmae pastorando o filho incestoCavalo pistoludo cabessudo sexoconto erótico Fui obrigado a violentar minha filhafiumeporno minisaia encoxadavídeo pornô daquela mulher que anda com vestido bem curtinhoPapai vio eu de sainha sem calsinha fes eu senta en seu colo pal fora da bermuda semtei gostei dei ate meu cu po meu pai contosmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1x video mulher fudendo uma rola grossa e gareseu pau grosso parece que esta me furandoswing video mulher beija depois de levar gozada na boca de outrox videos pornô negão da piroca muito escrota mete na safada muoto fortemeu cachorro me fode todo dia