Eu, Alex e Samantha

Um conto erótico de Mari_carioca
Categoria: Grupal
Data: 11/06/2019 17:37:23
Nota 10.00
Assuntos: Grupal

Olá,

Meu nome é Mari e tenho 23 anos. Estou aqui contando todo o início da minha vida sexual há 10 (dez) anos. Agora já não era mais virgem de nada e fiz tudo para conseguir acessar o Alex. No entanto, após o fim de semana maravilhoso com o Antônio estava apaixonada por ele. Falei para ele expressamente que estava doida por ele e ele ficou de me ligar durante a próxima semana, mas no domingo mesmo contei tudo que tinha acontecido para o Betinho.

Betinho ficou louco de ciúmes. Não de mim, mas de Antônio. Falou: "poxa, amiga, sempre fui doido nesse cara. As poucas vezes que o vi com seu irmão você sabe que pirei". Eu disse que sabia, mas falei para ele que não havia menor chance. Antônio gostava de mulher (muito até!) e não tinha nem o que lamentar. Betinho, coitado, não perdia a esperança e procurava elementos. Me disse: "Olha, Mari, não sei não. Ele é mais velho que a gente e tal, mas toda essa experiência em comer cú aos 18? Será que todas as meninas dessa idade dão a bunda assim tão fácil? Será que ele não come uns caras?" Falei que de jeito nenhum e da minha esperança de ter algo real com Antônio.

Lá para quarta-feira recebi uma mensagem do Antônio. Ele disse tudo em uma mensagem só. Era algo mais ou menos assim: "Mari, gata, obrigado pelo fim de semana. Eu amei. Hoje nossa diferença de idade é muito grande (não sei nem se isso é permitido legalmente) e teríamos que enfrentar muita coisa para termos algo oficial. Proponho que a gente continue a se ver escondido e se com o tempo a gente achar que somos mesmo um para o outro, a gente assume isso tudo. Mas tem que ser lá para frente... Lá pelos seus 18 e eu 23...".

Não respondi a mensagem na parte do futuro. Uma garota de 13 lá sabe o que estará acontecendo aos 18? Apenas disse que queria continuar encontrando ele sim, pelo menos até deixar de me fazer bem. Ele começou a falar umas sacanagens, meu tesão ficou à flor da pele e acabamos combinando de nos encontrar logo no dia seguinte. Era quinta e eu disse que iria ao cinema com umas amigas. Antônio me buscou em um lugar um pouco afastado da minha casa e ficamos juntos no carro mesmo. Confesso que me decepcionou um pouco. Ele tinha transado com uma garota de 13 anos, que disse que estava interessada nele e no próximo encontro tudo que tinha para oferecer era me comer no carro em uma rua escura? Sei lá...

Logo no sábado fui ao shopping à tarde comprar um presente para uma amiga e, de repente, dou de cara com Alex e a Samantha andando e rindo. Ela veio falar comigo e disse: "Mari, de boa, não quero ser má e nem babaca com você. Eu e Alex não temos nada sério. A gente só se pega... e eu errei de comentar por aí que peguei vocês dois no sofá".

Naquela hora eu não sabia se voava no pescoço dela ou se tentava responder educadamente, mas vi Alex com uma cara muito simpática pela expectativa de ficar tudo bem e preferi simplesmente dizer: "Olha, deixa para lá... Acho que você jamais deveria ter comentado isso, mas acho também que eu não deveria ter colocado a boca em um pau pela primeira vez na minha vida com outra pessoa na sala. De qualquer forma, estou bem. Posso dizer que de lá para cá aprendi que há muito mais que um mero boquete". Essa mensagem era direta para o Alex.

Não deu outra. Passaram algumas horas e começaram a chegar mensagens do Alex no meu celular:

- Oi Mari, tudo bem?

- Oi! Tudo e você?

- Tudo. Entendi errado ou você já está liberada para termos algo?

- Alex, entender você entendeu certo. Mas as coisas fugiram ao planejado e eu me interessei pelo cara que pedi para "me ajudar".

- Não falei que vocês gamam em quem tira o cabaço? hahaha

- Nada a ver. Ele não "tirou meu cabaço". Vivemos um fim de semana romântico de casal apaixonado e eu já conheço ele há milênios...

- Hummm. Deixa eu adivinhar: o cara jogou o "canto da sereia" sendo romântico... te tratou como uma princesa... bancou o macho alfa que paga jantar, drinks e te comeu toda?

Fiquei muda. E sem eu responder a última mensagem ele complementou:

- Sei que é isso, Mari. Eu tenho 16 mas tenho um irmão de 21. Ele já comeu essa cidade inteira e me passou o "caminho das pedras". Era exatamente isso que eu não queria fazer com você. Te iludir e tal... Estou jovem e estou na putaria. Não quero ninguém nessa comigo agora. Funciono com a Samantha porque a gente só transa. É isso que, se você quiser, podemos fazer também.

- Acho que eu quero. Vamos ver.

- Vem aqui para casa do meu pai. Ele está fora com a namorada, você sabe o caminho e é fim de tarde de sábado. Todo mundo está a fim de uma curtição.

- Agora?

- Sim, agora. Mas tem uma coisa.

- O que?

- A Samantha está aqui.

- Oi?

- Vem, Mari. Vamos zoar nós 3. Ninguém fará nada que não quer. A Samantha é legal. Vem sem preconceito.

Eu fui. Chegando lá Samantha abriu a porta para mim com uma camiseta branca de alcinha sem sutiã e calcinha. Me deu um abraço logo que cheguei. Ela estava com uma taça de vinho na mão e gritou: "Alex, a Mari chegou". Alex veio de dentro do apartamento com um short de pijama e uma toalha enxugando os cabelos (nada mais). Foi super carinhoso comigo e me ofereceu bebida. Aceitei o mesmo vinho que a Samantha bebia e logo estávamos os 3 à vontade conversando. A Samantha era muito direta e me falou logo: "Mari, o Alex me contou do que ele te propôs e o que você fez. Como está esse coração?" e nesse momento colocou a mão direita exatamente no meu seio esquerdo. Eu disse que estava confusa, mas que estava tudo bem. Ela complementou: "Isso logo passa, sabia? Essa confusão 'sexo e sentimento' é coisa de início. Daqui a pouco você vai dar, gozar e não estar nem aí para o cara". Eu perguntei se ela não estava nem aí para o Alex, ela riu e disse: "Esse garoto é uma delícia né? Além de ser um cara franco... gente boa... Mas estamos só zoando. Não estamos em idade de nos comprometer com nada. Aliás, por exemplo, já disse que ele me falou diretamente que quer te comer e eu não me importo". Fiquei muda de novo. Ela engatou a próxima frase se aproximando de mim com o corpo: "Aliás, se é para saber que o Alex está comendo alguém, prefiro que seja uma gata doce como você é". Nesse momento passando as mãos em meus cabelos ela me deu um beijo delicioso. Impressionante com o beijo de mulher era diferente... Macio, cheiroso, delicado. Eu acho que correspondi ela com tanta voracidade que ela se surpreendeu e começamos a nos pegar muito forte no sofá.

Ela sentou em cima de mim enquanto eu estava sentada normalmente no sofá (com as costas no encosto) e tirou a própria blusa. Eu já tinha visto os peitos das minhas amigas, mas o dela era diferente. Branquinho do tamanho de peras e com os bicos apontando para cima. Eu beijei os peitos dela como quem beijava na boca. Ela gemia olhando para o alto e voltava para o beijo. Eu não estava nem vendo a localização do Alex nessa hora e só me deixei conduzir por ela que levantou, me deu a mão e me levou até o quarto dele, que eu já conhecia.

Ela me jogou na cama e juntas tiramos a minha roupa (ela ainda estava de calcinha). Eu fiquei pelada deitada na cama e ela foi direto chupar a minha buceta (ela estava de 4 com a bunda arrebitada). Eu estava em transe com aquilo tudo e meus olhos mais fechados que abertos, mas em determinado momento percebi que o Alex estava lá comendo ela (de 4) enquanto ela me chupava. Gozei na boca dela e acho que o Alex gozou nela logo em seguida. Ela subiu em cima de mim (como se fosse papai/mamãe), me deu um beijo e me abraçou).

Alex deitou do nosso lado e disse: "Me chupa, Mari. Ótima oportunidade de você ver se gosta do gosto da buceta da Sa. Acabei de foder ela." Eu fui. Comecei a chupar o Alex e achei o sabor delicioso. Chupei ele só um pouco e deitei de barriga para cima com as pernas abertas. Pedi para ele me comer na esperança que a Samantha fosse me deixar de alguma forma alcançar a buceta dela com minha boca. Estava certa. Alex jogou minhas pernas para cima e foi me comendo com o tronco ereto. A Samantha encaixou a buceta na minha boca ficando em pé também em frente ao Alex. Eles se beijavam enquanto um me comia e a outra eu chupava. Gozei mais uma vez e fiz Samantha gozar também. O Alex era um comedor nato. O pau dele fazia milagres. Cada entrada eu ia ao delírio. Era grande (menor que o do Antônio), mas muito grosso e, não sei por que motivo, o encaixe em mim era perfeito.

Caímos todos deitados na cama e a Samantha gritou: "Que delícia!!!!" gargalhando depois. Alex sugeriu: "Vamos continuar pelados, abrir mais um vinho do meu pai e continuar nessa cama comendo, bebendo e fodendo?" Todos toparam.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/06/2019 20:50:24
Excelente!
11/06/2019 19:39:35
Hmmmm, que delicia!!!
11/06/2019 19:01:43
Ola, como vai você? Sou Ex Padre e gostaria muito de realizar minha fantasia com você, VOCÊ TOPA?

Online porn video at mobile phone


vovo do bumdao toma banho com neto do picaoxoxotinhas amasiadas na picax videos.com enrolando o priquito da novinhaxxvibeo fudeno tatinhavideo de estrupo brutal pau grande muita dor novo 2016www xvideos sabreeu como vizinho safado do 205 conto gayvideo porno de homens de sunga e cueca tirando a virgindade da mulher depois gozam em sua vagina filme porno classico brasileiroPintudo ponhou pra lascar a buceta da neguinhavc acharam que quando eu terminasse eu.nao labia/uma chochota nao comia u cuzinhoxx videos menina pedro agilidade notado abertaXvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelafilme porno brasileiro pai mostra para filha seu pau monstro e ela se assustacontos de podolatria com sandalia de salto finosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhoQuero assistir filme pornô a mulher da b***** bem grandona e g****** na rola bem grandona RosileneXVídeos pastora mulher numa aposta de sinucaxvideo tigrésánegao pega coroa desraida mete a rolaconto erotico com porteiro velho coroa grisalhocoroa chupando o c****** do Midinhogay sendo estrasalhado sem querer xvideos.comver vidio defilho meteno .na mae gozano na buceta delaxxvideo encostada maliciosacontos eróticos gosei no pal do sogro taradoxvideosdifícil Pra Vc lukanora safada pega sogro bateno punheta xvodeoContos de maridos cornos e otários casados com esposas putas e safadaschego do serviço encontrar cunhado só de camisola e mete o paucontos eroticos de enconxadas em coroas gostosas em local publicoxvidiocasada fudendo a pica do machonovınha metendo agaxada na rolamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1foto de muie com bucetas largasTudo grandão youtubepornomundobicha ver tres brasileiros novinhos se cumendo em casaraoflagra mulheres espiam homens pelados e se masturba até gozar de esguichargravida com a buceta gosmentairmã linda gostosa dando sua bucetinha virgem para o sermão do atadoContos eroticocm traveclipesonhador casa dos contos gaycontos eroticos sentei com meu cuzao no pau deleDo caralho-basquete-contofudendo mulher so de calcibha pedido rola xvidiorelatos eróticos o padre comendo o novinhomulher forçadapor homens fude ate nao aquenta maisnao saio de casa e um plugno cuzinhovidio porno piqueno conhadaXvideo com a mulhe grita esperneia pra nao emtra na picacasa precizando de cazeiroCona e cu relatosquero ver mulher pelada na praia de nudismo negão do pau bem grande com cimentoputao de esteio chupador rspornodequatocontoeroticofunkContos eroticos anal de ipatinga mgconto erotico dormindo e encoxada por estranhovideo caseiro crossdresser atende entregador de calcinhameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticoscasadoscontos estrupada por pivetesfotos da neguinha voluptuosa peladacontos eroticos feminizaçao do garotinho maexvidios outros purai favoritoscontos eiroticos leilaporncorno chamou negao pra fuder mais nao gostou de ver a mulher adorandoconto erotico meninotransas em araruamacontos eiroticos leilapornfotos de mulheres com as bundonas só de calcinha e homem apertando encostando o seupaueu perdi a minha virgindade com cara da pica de 40cmbotando na buceta pela beradinha do shortecontos eiroticos leilapornconto gay o nerd e o bad boy 7