O cowboyzinho

Um conto erótico de GUI
Categoria: Homossexual
Data: 11/06/2019 23:31:57
Nota 9.00

Raras são as vezes que passarei por aqui, mas compartilharei minhas experiências assim que der. desculpem-me pelos erros, nao tenho tempo de revisar,

tenho 26anos, 1,87,boa pinta e discreto, mas os mais próximos sabem de mim. Conheci Gabriel através de amigos, ele era bem mais novo porem muito enturmado, moro no interior do MS, a maioria é do estilo cowboy ele não fica pra trás, é novinho dezessete anos deve medir 1,70 moreno jambo cabelinho enroladinho, é parrudinho, todo definido, bunda bem grandinha e um pau de fazer contorno na roupa. Nunca tinha olhado pra ele com outro olhos, mas sou bem tarado e numa festa aqui do interior acabei levando um “machinho” pra casa e traçando ele, sou ativo adoro chupar e gosto do tipo macho novinho. Gabriel sempre que vem da fazenda deixa as coisas dele na minha casa, por essa razão ele viu quando o cara saiu do meu quarto e foi embora de manhã, a principio ele nada falou, depois de duas semanas a gente bebendo em casa ele soltou.

—cara você comeu mesmo aquele cara naquele dia?

—ele queria dar e eu queria fuder, rolou legal e ele chupa bem pra caralho. Kkkkkkkk.

—os cara já tinham falado que você é meio tarado e come uns cara as vezes, mas achava que era mentira, já vi você pegando cada mina, não achei que gostasse disso.

—ah meu, isso é desde a adolescência, nunca me prendi a relações, comigo é só sexo, se eu gostar já era. Kkkkkkkkk.

Ele ria comigo e falava que eu era doido. Durante vários dias ele me zuava da situação, mas eu nem ligava, já tinha traçado mais uns dois depois disso, até que num sábado a noite ele veio tomar banho no meu quarto alegando que o outro banheiro não estava funcionando, eu estava saindo do banho e deixei ele entrar, fiquei na porta falando com ele e sem mais nem menos ele tirou a toalha na minha frente, me segurei pra não olhar o volume do pau dele por baixo de uma boxer azul, e ele notou minha disfarçada , o assunto diminuiu e ele se vrou pra entrar no Box, mas antes baixou a cueca e deixou eu ver livremente a bunda lizinha dele, sério, não havia pelo algum nem nas coxas, coisa de outro mundo. Ele entrou e notei um pequeno sorriso nele. Começou a tomar banho e puxou assunto sobre o cara que eu tinha comido. Perguntou como ele era, se ele dava pra muita gente, se ele aguentava legal, se chupava tão bem assim, e a conversa foi esquentando, até o ponto que ele perguntou o tamanho do meu pau , na hora dava pra medir pois tava muito duro, e sabia que ele também devia estar duro pois até a respiração dele estava diferente. Falei que era normal,16cm meio grosso e com a cabeça pequena, ele riu e disse que a dele era maior, e que não sabia como eu podia ficar com caras, com tanta “muié” no mundo, pra que ficar com outro homem, ele disse isso já saindo do banho. Eu estava no lado de fora do banheiro com a porta encostada e massageando meu pau por cima do shorts. Ele saiu olhou bem a cena e riu.

—é sério. Como você consegue? Já me imaginei varias vezes mas “acho” que não sentiria tesão, comendo ou dando pra um cara.

Foi uma mensagem subliminar. “ tente alguma coisa, quero saber se vou gostar”

Não pensei em mais nada, abracei ele por trás, meu braço direito por cima do seu ombro e o esquerdo na barriguinha dele e já fui dando uma chupada na orelha dele, na hora ele deu um pulinho e perguntou oque eu tava fazendo. Oras , ele podia sentir meu pau duro quase na bunda dele.

—eu— você só imaginou, quero te mostrar como é.

—não meu, num sou disso não, falei sem pensar.

Ele resistia nas palavras, mas em nenhum momento tentou me afastar, eu apertava ele e fazia ele sentir meu pau cada vez mais, afagava a barriga e o peito dele enquanto lábia e chupava o pescoço e a orelha, ele já resmungava baixo pra eu parar e pelo espelho vi os olhos dele fechado,(já era), desci a mão e segurei o pau dele, ainda de toalha e a cueca por baixo.

—eu— só uma vez, nosso segredo, se você não quiser ou não gostar a gente para e nunca mais tocamos no assunto.

Falei apertando e imitando uma punheta. Ele entre suspiros, só acenou e disse “hunrumm”.

Não podia me desprender dele, e tinha que elevar o tesão dele ao Maximo, arranquei a toalha e enfiei a mão por dentro da boxer estampada, segurei firme no pau, e que pau era mesmo maior que o meu, devia ter uns 18,19cm, bem reto e liso a cabeça brilhava e minha boca enchia d’agua, me ajoelhei na frente dele já tirando a cueca e cai de boca no monstro, como era gostoso aquele pau, podia chupar ele a noite inteira, mas não queria que ele gozasse rápido, chupava as bolas uma de cada vez enquanto punhetava, lambia e mordia suas coxas, sempre alisando sua bunda e passando os dedos por todo seu reguinho liso.

—aaahhhh mano, como você chupa bem, que delicia.

Empurrei ele na cama e já cai em cima, chupei os peitinhos salientes dele,(eram pontudos e lisos), desci mordendo e deixando marcas, e mais boquete, já tinha uns dez min nisso sabia que ele gosaria a qualquer momento eu precisava partir pro melhor. Virei ele de costas, quando abri a bunda dele, era um cuzinho pequeno e escurinho, ele ficou apreensivo, pediu pra ir com calma, e que se doesse ele ia gritar.

—eu—calma cowboy, não vou te machucar, você vai curtir agora.

Fui de cara naquele rabo novinho,liso e virgem, passei a língua desde a base do pau, passando pelas bolas e subi passando pelo cusinho ate no meio costas e voltei pelo mesmo caminho, parei no cu e meti a língua com força, ele se agarrou no travesseiro, abriu mais as pernas e arrebitou a bunda.

—aaaahhhhh, meu deus, iisssss, uuuhhhhnnn.

Ele gemia e tremia as coxas. Comecei a colocar o dedo naquele buraquinho, ai sim ele ficou doido, gemia alto e falava pra ir devagar, o dedo do meio já entrava com facilidade, levantei rápido, peguei um lubrificante e coloquei mais um dedo, quando girava os dedo ele parecia que ia desmaiar, gritava alto no travesseiro, lambuzei o pau, ajoelhei e dei uma pincelada firme.

—aaaaii meu deus vai devagar por favor.

Empurrei três vezes até conseguir entrar, foi só a cabeça, mas ele se retorceu todo, me segurou uma mão e parecia até chorar, pedi calma pra ele, que era pra ele relaxar e ficar respirando fundo, conforme ele ia relaxando o pau foi entrando, quando passou da metade eu já tinha me perdido, abracei o corpo dele e coloquei o resto, um gemido grosso e ele se entregou, ficou paradinho e eu também, fiquei beijando as costa e o pescoço dele, sentindo o cu piscar com meu pau todinho nele, aos poucos fui me movimentando, ele começou a gemer, no inicio dor, mas logo percebi o pau dele se levantando, ele passou a se punhetar.

—eu—se você bater uma agora vai gosar muito rápido, curte mais um pouco.

Ele soltou o pau e eu comecei a levantar ele cravado no meu pau, já de pé ficou meio ruim pra mim, pois ele é bem mais baixo, mas eu dobrei os joelhos , segurei bem forte e comecei a bombar forte, ele disse que assim doía. Tirei de dentro dele e o deitei levantando suas pernas, as coloquei no ombro e enfiei devagar, ele fechou os olhos e abriu a boca, segurei no pau dele e comecei a punhetar, ele agarrou no lençol e se deixou levar, tava na hora da gente gosar já estava no limite, não aguentei, soltei o pau dele, entrei no meio das pernas deitando sobre ele e gosei metendo o mais forte e fundo que podia, ele mordeu meu ombro e segurou forte nas minhas costas, disse que doeu. Tirei devagar meu pau de dentro dele desci lambendo e abocanhei o pau dele todo babado, ele não tinha gosado mas tinha pré goso escorrendo até as bolas, lambi as bolas e chupei novamente, foram duas engolidas e ele jorrou tudo, era muita porra, sete jatos seguidos que eu mal consegui engolir, escorreu pelo queixo. Me limpei e deitei do lado dele.

Ficamos deitado por quase meia hora, tinha se passado quase uma hora e meia desde quando ele saiu do banho, foi uma foda daquelas.

Ele se sentou na cama respirou fundo.

—carái mano, que foda foi essa? Borá banhar, a gente tem que sair.

Falou isso dando um tapa na minha bunda. Me sentei na cama ao lado dele e ri

—e aí? Foi bom?

—melhor do que imaginava.

—a primeira a gente nunca esquece.

—com certeza. Vamo sair pra beber e comer alguma coisa.

Ele se levantou primeiro e ao andar deu uma leve mancada, olhou pra mim mas não disse nada.ele deu aquela evacuada, Entramos no banho juntos, nos banhamos olhando um pro outro e só de lembrar o quanto foi gostoso, fiquei de pau duo novamente, ele olhou.

—aah nem pensar, já deu por hj, você acabou comigo.

Fiquei de boa, demorou mas o pau amoleceu, saímos do banhos, nos trocamos e antes de sair pela porta eu perguntei.

—Fala pra mim, qual o problema do outro banheiro?

—Não faço ideia. Nem entrei La hj.

Provavelmente FIM.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/06/2019 03:33:59
AH, NÃO PODE SER O FIM. CONTINUE... ESSE COWBOY ESTÁ QUERENDO MAIS E MAIS E MAIS.

Online porn video at mobile phone


Contos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhoxvideos cheguei em casa com a buceta melada de porra e falei pro corninhoxvideosxvideos tchauxvideosporno gey cunhadinho chega en casa seu cuhado se decraracontos eroticos , meu padastro sempre mim desejava , mim pegou a força , fudeno uma ninfeta muito gostosa porbodoidobialilia xvideoconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandebaixando acaucinha lentametijaponesinha chupando um pau pelo buraco da parede ver porno 10 minutos gratisCasal aclimação quer homem para sexo a 3 menage on lineeu gosto eu gostaria de ver uma coroa perdendo a virgindadecopilado dormindo de conchinha com a mae pornodoidodando jatos de porra na Bunda da colegialestrupada cagando filmeSarra a bunda da novinha na multidão até gozarminha cunhadame viu pateno uma e atacou pornovideo porno a navinha criando corage a enfiar o pau do cavalo em sua bucetagaleguinha safadinha para meter no Zinho pegadinha que acabaram de abrirela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafocadelas bucerudas fudendo no cioxvideo encanador entregado velha cobradorcontos eróticos minha mãe me fez perder a virgindadecontos eroticos, dou cu pra meu filhoivania gemendovarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetaMeu nome e quero ttansar com o Adilson meu padrastobaixa videmate gratis xvideo novias mostrando abusetaContos eroticos , o sobrinho do meu maridovidioporno de meninas que noa guento pau no cu e nerromae pastorando o filho incestonovia rebolado narulaxvideo porno filme erotico de traisao esposa infiel traino com melho amigotia viu seu sobrinho de mau duro contoswww.seduçao e satisfaçao porno incesto italianoconto gordinho afeminadowww.xvideo.garoto fas sexo com propria tia virgeregasso mulher do cornohistorias de madrasta safadas com enteadoconto erotico esposa traida se vinga e da seu cu virgem pra dotadoflagrei a novinha fudendo no mato e chantagiei contoscigana da uma foda dentro da retrete publicacontos vi meu sogro espiano minha filha lavano roupavideos porno velhor comedor da cabeça do pau rombudacontos eróticos meninas de 25 anos transando com sua calcinha preta com lacinho vermelhoadorei a enconxada que ele medeu erotico aldixvideo membrudopegadinhas porbodoidocontos eroticos meu marido gosta de ir ao cinema porno para ve homens ecitados e me exibi em praias e escolher um para transa primeira vse com outrofilha centa no colo e sente o pau do pai na bumda e fica molhadinhacorno segue o jogo do minha esposa e amigoXVídeos padrasto batendo p****** sendo assim sendo trocados pela bocacontos de nora da vizinhacontos eroticos estiprando a freira no coventovídeo Black negro pirocundosvideos de porno com mulheres se vingando do marido transando com outro em wwwxvideo.comxvideo eu trazando com minha vizinhariandragoon contoscontoseroticos/comadre rabudamulher chora no cacete para cicatrizescontos eroticos entre primos bixvidreo neta nuaxxx acordou com o irmao botando o pau na sua bucetacontos eróticos amiga novinhacontos ajudando minha mae peituda na faxinatransasurpresa.comcontos eiroticos leilapornatriz porno loira com o dente encavaladohomem metendo a pica no c* da Ravenaruıva dando o cucontos eroticos gay, dando pro nrgão do pauzão de 38cmsex. video amarcaiaxvideos paacas.com.penovinha amadora ruivinha con fio dental transparente fudendo cpm pica de21 centimetros toda gosadacontos de sexo depilando a sograConto erotico 25cm grosso na colega de escola a forcacontos eroticos pai e filha mdicoporno e escondim uma camera e vim a putarinhaxvideos eustaquio e murielcontos minha esposa quando me liga e porque sou cornocasa dor contos erotica corno manso fingi dormirconto mae manda filinho fuder irmazinha pequenaconfissoes como fiz pra seduzir meu cunhadosaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandocontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoconto erodico fodir com o namorado da minha amiga e ela chega na oramotorista madura gostosa de van escolar adora dar a buceta e o cuzinho para alunos contos eroticoscontos eroticos madrasta cachorra leva surra de pica d