Office Boy I: descoberta

Um conto erótico de ShadowMoon
Categoria: Homossexual
Data: 12/06/2019 05:53:09
Última revisão: 12/06/2019 05:56:10
Nota -

Olá, e ae. Talvez você decida me acompanhar um pouco nas minhas maluquices então deixa eu me apresentar.

Meu nome é Eduardo e eu tenho 16 anos - tá cara, tenha calma e me deixe terminar, não me acho tão novo assim - se você me perguntar se eu sou hétero, gay ou bi eu vou dizer que não faço ideia. Já fiquei com garotas e gostei muito mas também fiquei com garotos e até caras mais velhos que eu e gostei muito também - calma que eu vou contar tudo isso- . Então pra que ficar me prendendo a essas bagaças? Eu vou vivendo e pronto.

Estou no terceirão da sofrência, é assim que a gente chama o terceiro ano médio, moro aqui em SP capital e quando não estou estudando nem fazendo algum bico pra comprar alguma coisa estou malhando, andando de SK8 ou vagando no shopping com os amigos.

Minha aparência não é nada de mais, eu tenho por volta de 1,75m - é eu queria ser um pouco mais alto - tenho cabelo e olhos castanhos claros e a pele branca mas não tanto, talvez por causa do sol e das tardes andando de SK8. Meu físico é o famoso malhadinho de tanquinho e sim eu gosto muito do meu corpo por isso cuido bem dele, isso quer dizer nada de porcarias de nenhum tipo. Tá; rola um sorvete ou uma pizza uma vez na vida porque ninguém é de ferro mas é só.

Uma coisa muito interessante é que quem me olha sem conhecer me acham o tipo de garoto pegador, que passa o rodo em todo mundo, que vai pras baladinhas e coisa e tal. A verdade é que nem sou nada disso. Sou tímido pra kct, muito netd de ler Harry Potter, jogar game e ver animes. Mas as pessoas te julgam pela capa, fazer o quê? Eu sou de boa com isso.

Mas vamos ao que interessa, como foi minha iniciação no mundo do orgasmo fazendo sexo. Com 13/14 anos eu era safado pra kct, punhetava de manhã e a noite e até no banheiro da escola algumas vezes, meu HD é cheio de links e filmes de sacanagem de todos os tipos e claro que apesar de tudo isso eu era super virjão, coisa normal nessa idade e que pensando bem nem faz tanto tempo assim.

Como todo bom nerd eu adoro game, e claro que os troquinhos que eu pegava era pra comprar jogos ou tentar melhorar meu pc antigo, mas a tecnologia avança muito rápido e logo eu estava sem jogar quase nada porque meu console era um Play Station 3 e meu PC era muito antigo.

Apesar desses perrengues nos finais de semana eu ia pra casa da minha tia, irmã do meu pai, ela é muito bem de vida e meu primo tem as coisas mais modernas assim que elas saem no mercado, logo ele tem um fuck PS4 e um fuck PC que roda qualquer coisa, e eu ia tirar uma casquinha.

O Julinho, meu primo, é dois anos mais velho que eu. Na época eu tinha 14 e ele 16 e a gente sempre se deu super bem.

Ah você deve estar se perguntando como é o Julinho; ele é um cara moreno claro e sempre foi alto. É o tipo forte mas sem músculos aparecendo, se acha o gostoso, tem um alargador fake na orelha, na verdade é só um brinco normal, gosta de judô e vive querendo testar golpes comigo mas não se sai muito bem, eu sou menor mas já era bem forte na época.

Ele é o tipo de primo sacana, eu era um safado mais sempre fui na minha, ele é um safado que não tinha vergonha de ser. Sempre me contava que comeu fulana, chupou sei lá quem, ou que comeu o viadinho do prédio. – ele dizia que botou pra chorar na pica – sem contar que ele batia punheta sem vergonha nenhuma quando a gente estava no quarto vendo sacanagem mas eu nunca tive tesão em bater uma com outra pessoa então ficava na boa.

Eu até sinto que você ai está achando que esse papo todo não vai dar em nada, e que minha primeira vez foi na verdade uma furada e nem rolou, massssss, engano bino. Rolou e bem rolado. Fui num sábado que eu achava ia ser super normal minha mãe me disse que meus tios viajaram e pediram pra eu passar a noite com meu primo.

Claro que eu fui de boa, gostava muito dele era como um irmão mas sem precisar aguentar 24h. Arrumei a mochila porque ia passar sábado e domingo por lá e peguei o busão. Ele mora aqui perto então não demorou muito eu já estava me anunciando na portaria do prédio.

- Entra edu.

- Diz viado. Fazendo o quê.

- Tava jogando com uns amigos, acabaram de sair.

- Queria ta aqui pra dar uma surra em você, bando de cobaia.hauheuahea

- Dexa de onda. hauhauahauha cadê o pinto? khauehauehaue

- Sai porra hauehaueha

É ele tinha essa brincadeira, na verdade todo mundo tinha, foi moda entre os amigos por um tempo eu acho. Papo vai, papo vem a gente foi pro PC assistir umas lutas de MMA, eu não via a menor graça mas ele sempre gostou dessas coisas.

- IIIII JULINHO E EDU NO OCTOGONO! VAI SER A LUTA DO ANO!

- Saaaai porra, nem vem.

- Duzinho tenta escapar, mas cai, os dois no chão.

Ele tinha a mania de ficar narrando as nossas lutas, eu achava um saco nunca gostei dessas paradas mas ou me defendia ou ele fazia de mim boneco.

- Ahhh e agora, quer luta?

- Olha pra Duzinho, chave de perna.

- Pede arrego porra, ahuhauaha

- Arrego nada, E A LUTA FICA TENSA!!!!

- Sai porra tá de pau duro hauehaeuhae

- Sai nada, E A PRIGA AGORA É DE ESPADA!

- Huaehaue sai viado.

Nessa brincadeira de lutinha ele estava no meio das minhas pernas, os paus começaram a se encostar e como ele não perdia uma chance começou a esfregar o pau dele no meu, o cara estava de pau duro e pra completar, nesse dia eu comecei a sentir uma coisa diferente. Nunca tinha rolado esse tipo de contato, e sem esperar meu pau deu sinal do nada, nem deu tempo de tentar sair ou disfarçar.

- EEEE DUZINHO CONTRA ATACA, AS ESPADAS SAINDO FAÍSCA uahauehauhea

- HUEhuaehauh sai véi.

- Tu tá duro também, tá gostando.

- Ah sai dai.

- Bora lutar sem roupa hehehaeh.

- Tá doido, viadagem?

- Tá com medo Edu? Ui medo de esfregar os pintos? HUehauehau

Ele nem esperou eu dizer nada, tirou a roupa e veio pra cima de mim já pelado e de pau duro. O quarto dele tem espaço e eu também estava com tesão então entrei na onda e liguei meu foda-se, fiquei pelado e a gente caiu um tentando imobilizar o outro. É claro que era mais uma esfregação do que uma luta. Eu sentia o pau dele babando encostar em mim e é o meu estava babando também encostava nele melecando alguma parte do corpo que não dava pra saber.

- Edu, senta assim na minha frente e me aperta.

- Apertar como, doido?

- Cola o corpo e me abraça com força porra, e junta os paus.

- Assim?

- Isso, vai bora esfregar um no outro tu vai gostar.

Eu nunca tinha ficado com o pau tão babado assim antes, sentir um corpo esfregando no outro estava me deixando com tanto tesão que eu senti quando dei uma gozada, meu corpo tremeu todo mas meu pau não ficou mole, foi como se eu perdesse o controle sei lá, apertei bem ele e comecei a me esfregar com mais força ainda.

- Caralho Edu, tu gozou.

- Sei lá, continua assim.

- Porra vai dar duas gozadas, tesão do caralho. Espera, deita ai.

Eu deitei o corpo no chão meio que sem vontade, não queria parar de fazer aquilo, você não tem ideia de como estava bom, masssss, era só o começo, a melhor parte vinha gora.

O Julinho subiu mais um pouco e sentou em em cima do meu pau, eu senti ele puxando minha pelinha e colocando a cabeça da minha piroca pra fora, então senti algo quentinho encostando, ele estava sentando e metendo meu pau no cuzinho dele literalmente. Foi a coisa mais gostosa que eu senti na vida. Era macio e quentinho, e úmido, sei lá, com 14 anos acho que meu pau nem passava dos 15cm, não foi difícil ele entrar todo. O Julinho se deitou em cima de mim e começou a me dar um beijo de língua, eu não estava acreditando era meu dia da sorte. Eu estava perdendo a virgindade e o bv, tudo de uma vez.

- To quase, tira.

- Não, goza assim, bora gozar junto. Me punheta.

Eu segurei o pau dele com força e comecei a punhetar, cada movimento ele sentava mais rápido até que eu senti meu primeiro orgasmo, deu uma dorzinha bem no abdome, acho que é assim que chama, não sei quantas gozadas eu dei mas senti escorrendo pelo meu pau.

Ele gozou na minha mão e na minha barriga e chegou no meu peito e pescoço. A sensação foi tão boa que a gente ficou se mexendo por uns segundos mesmo depois da gozada.

- Kralho! Que foda.

- Uhumm,

- Tua cara Edu, heuaheua

- Quê?

- Nada não hauehaueha, to morto.

- Eu também, foi foda.

A gente não falou mais nada, ficamos lá deitados descansando. Eu não tenho ideia de quanto tempo durou mas aquela sensação nunca mais eu ia esquecer. A gente foi tomar banho juntos pela primeira vez também, mas não teve nada de mais, a gente só ficou pegando o olhando o pau um do outro, medindo pra ver qual era o maior essas coisas. O dele é um pouco maior mas ele tem dois anos de vantagem, tá eu tive um pouco de inveja. O resto do dia e da noite a gente fez o que sempre fazia, jogos, papo, comida. Acho que a gente foi deitar umas duas da manhã. Acontece que o tesão bateu de novo, eu estava curioso pra sentir o que ele sentiu quando sentou no meu pau. Na verdade eu tudo era novo e eu queria experimentar mais. E foi o que aconteceu no final de semana que eu fiquei por lá.

[continua...]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


Brotheragem - Segunda Temporada - 8contos eróticos pastoracontos eroticos praia nudismo irma maexvideos homen perdendo o cabaco com mulher esperiente fudedeiravideos de encesto frances madrasta e entiado durmindo juntos e ele fica de. pau duro a noite e escosta nela e ela nao recistiXvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelavídeo de novinha dançando sem calcinha e o Paysandu filmexvideo comendo gay letameteME.ININHAS SAPECAS XNXXcontos.eroticos avo.peludo idoso bigodeContos pornos-fodi a mendigaver video de porno na facudade gosando fortecontos de pecado de sogra casadapatricinha de short perdida fodendo no matovideo de mulhe rebolhadovideos pornoinsetos filho fodendo mae prensadaxvideos bebeu o cu ardeumuler m as calcinhas lancesda xoxotasConto erotico mãe transando com pedreiro e filho vendo e depois vai querer tranzar com mãecontos eroticos o nascimento dos peitinho da maninhaconto erotico huntergirls71corno amant compenis de ourowaposa gostosa de mini saia arretando amigo do marido so de sainhamulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornosupersexomamãePorno contos pais e maes iniciando suas meninas no incesto com carinho e muito gozoler conto erotio descabaçando irma peludacontos eiroticos leilapornConto erotico virando gay cem quere e a força e chxvideofude.mania.noviaBarbie dizendo tô nem aí tô afim de olhar a polpa da bunda na polpa Barbie de serxvidio consolo vinguemcontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhagostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideocontos eroticos gays virei putinha de varioscombinamos chupando os peitos da mulher fazendo sexo ela gritar onlinebicho preguiça fudendo zoofiliafilme porno onde um perfume despertava desejoviuvinha ñ resistiu de tesao e deu a buceta pro amigoso bosrtonamacho comendo cu de outromachoxvidioeu, minha namorada, minha namorada e meu tiofoi durmu na mesa cama da cunhadacontos eroticos pedindo pra ser cadelazoofilia no Congo pesadacontos/Arrombada no matagal por negoesdescabasano a novinha xvideo para baixaXvideo mobile Filha tem buceta pilumarido pega mulher.trazando com oltrocontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosaFelipe e Guilherme- Amor em londrescontos eróticos publicados por testemunhas de Jeovásenhora crente saia longa buceta contoler relatos pornos de estrupos xe vovozinho com netinhasCaíque levando rola no cúestava carente e dei pro meu cachorroesposa vadia de shortinho curtinho batendo punheta p outro ba frente do cornomeu corno frouxo e chorão contos eroticosVelhopintudocontoscasada coroa video fotocorno secretoas melhores rapariga se cagando todos no porno asseste videoContos de caseiros negros idoso bem dotado comendo cu de patroas brancasContos eu e minha comadre desfilando de calcinha para nossos maridoscontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolavideo mulher enocente perdendo p csbaso com 25anosgosada no trem lotadocontos eroticos mozinhoai meu cu tira esse pau tá doendo tiroteio loucoconto de safada esandalosa tarada por pica no cu manda mete fode me arromba mete mais que eu quero mconto erotico familia liberalacodou. marido. batendo. bonheita. pra. ele. ai. tranza. .com. ele.fotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leitejapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideocuzao da tia vim nao aquentei mobile porncontos de mulheres de legging so bucetaocontos evangelica quarentona goza gostosominha sogra ensinuou e eu transei com ela pornô brasileironegao desafia gostosa a nao cagarporno contos menininhas da creche